Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Crespo recorre ao STF para tentar anular cassação de mandato; Gilmar Mendes será o relator

Crespo acompanha, ao lado de seus advogados, uma parte da sessão de votação que cassou seu mandato / Foto: Alana Damasceno/Arquivo Ipa Online/2019
Postado em: 30/12/2019

Compartilhe esta notícia:

 

O prefeito cassado de Sorocaba José Crespo (DEM) recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) na tentativa de retomar seu mandato como prefeito. 

Conforme o site do STF, o ministro Gilmar Mendes ficou com a relatoria do processo, que foi encaminhado ao plantão da Presidência do Supremo na tarde da última sexta-feira (27). 


A peça menciona o presidente da Câmara de Sorocaba, Fernando Dini (MDB), como "reclamado". No assunto, é descrito "direito eleitoral e processo eleitoral, mandato e cassação de mandato". 


Tentativas negadas

O prefeito cassado de Sorocaba José Crespo (DEM) teve pedido de retorno ao seu mandato negado pelo Tribunal de Justiça. A decisão foi tomada no dia 18 de dezembro, pela 1ª Câmara de Direito Público do TJ.  


Esta foi a quinta derrota de Crespo perante a Justiça. Com a decisão, Jaqueline Coutinho permanece como prefeita.


Na decisão citada acima, o colegiado indeferiu o pedido de concessão da tutela para que o democrata retornasse ao cargo de prefeito. Na peça do processo, Crespo entrou com recurso contra a decisão da juíza Karina Jemengovac Perez, da Vara da Fazenda da Comarca de Sorocaba, que também havia negado sua recondução à prefeitura. 

 

Os advogados de defesa do prefeito cassado pediram a suspensão dos efeitos do Decreto Legislativo nº 1.752/19, referente à sessão da Câmara de Vereadores que cassou seu mandato em agosto desse ano. 

 

O mérito do processo ainda não foi julgado.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura decreta luto oficial de três dias em razão da morte de servidor do Saae

TRE determina exclusão de vídeo de Raul Marcelo contra Rodrigo Manga

PF apura compra de votos por vereador do Maranhão

Procon Sorocaba recebeu 295 denúncias quanto a preços em supermercados

Tribunal Misto forma maioria para seguir com impeachment de Witzel

Bolsonaro acusa DiCaprio de dar dinheiro para "tacar fogo na Amazônia"