Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Prefeito é flagrado no Uruguai e desperta a ira de vereadores de comissão

Postado em: 12/07/2019

Compartilhe esta notícia:

O prefeito José Crespo (DEM), que oficialmente está afastado da Prefeitura de Sorocaba até a próxima quarta-feira (17), devido a um atestado médico proveniente do seu urologista, foi flagrado no último domingo (7) sentado num balcão de lanchonete com a primeira-dama, Lillian Crespo, na região do Mercado do Porto, no Centro Velho de Montevidéu, no Uruguai.

Devido ao afastamento pelo atestado médico, Crespo deixou de comparecer à convocação dos vereadores que integram a Comissão Processante da Câmara Municipal de Sorocaba (CP), que investiga a suposta participação dele no caso do ‘falso voluntariado’ praticado por uma ex-servidora de sua confiança.

No entanto, o atestado médico entregue pela defesa de Crespo apontava que o Chefe do Executivo estaria afastado de suas atribuições na Prefeitura por 14 dias e recomendava repouso. Ao ter a foto divulgada pelo portal G1, da TV TEM/Globo, os vereadores ficaram irritados e divulgaram uma nota sobre tal situação.

width=560

Segundo Hudson Pessini (MDB), membro-relator da Comissão Processante, há a necessidade de se esclarecer com a Prefeitura e com o advogado do prefeito, “no prazo de 24 horas”, o que foi divulgado pela imprensa, se a condição se confirma ou não [viagem ao Uruguai]. “Caso seja confirmada a informação de que o prefeito estava em viagem, não haveria justificativa para sua ausência à oitiva que foi convocado [no último dia 11]”, alegou o presidente da CP, Silvano Junior (PV).

Os vereadores irão se reunir na segunda-feira (15), às 10h, para avaliar as respostas e tomar as providências necessárias. “Não podemos admitir que o prefeito deixe de comparecer a uma audiência alegando problemas de saúde, abandone suas funções e faça uma viagem internacional sem prestar contas de seus atos”, resumiu Pessini.

Outro lado

A Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom) informou que “por se tratar de questões de cunho pessoal do prefeito José Crespo, não tem conhecimento do fato apontado”, afirmando que “o advogado do prefeito protocolou na Câmara de Vereadores uma licença médica por um período de 14 dias, dentro do que estabelece a Lei Orgânica do Município”.

Já Crespo divulgou que “em razão de incômodos pós-operatórios (próstata), o médico determinou meu afastamento das atividades normais do gabinete e repouso, o que estou cumprindo. Viagens, desde que mantidos esses cuidados, não estão proibidas”.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Hospital de Sorocaba registra 100% de ocupação de leitos destinados ao coronavírus

Guedes prevê queda de 4% para o PIB em 2020; Campos Neto projeta recuo de 4,5%

Famosa pelos pratos marrons, Duralex pede recuperação judicial

Polícia investiga furto praticado por grupo conhecido como ‘gangue da marcha ré’

Rodrigo Maia (DEM) é eleito presidente da Câmara dos Deputados pela terceira vez

Saúde reclama de atraso da Coronavac, e Butantan ataca "falta de planejamento" da pasta