Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

CRAS terão eventos voltados às mulheres na próxima semana

Agência Sorocaba
Postado em: 07/03/2020

Compartilhe esta notícia:

Impulsionada pelo Dia Internacional da Mulher, a Secretaria de Cidadania (Secid) promove do dia 9 a 13 de março, em dez Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) de Sorocaba e na Chácara do Idoso, palestras e rodas de conversas com o tema “Mulheres empoderadas e unidas chegam mais longe!”. Os eventos são gratuitos e abertos ao público.

Na segunda-feira (9) às 9h a Chácara do Idoso recebe a palestra sobre emponderamento feminino, ministrada pela responsável pela Coordenadoria da Mulher, Ana Cristina Miragaia. O evento se repete no mesmo dia, no período da tarde, no CRAS Ana Paula Eleutério, às 14h. “Esse tema surgiu da necessidade de mostrar a essas mulheres, mais uma vez, a força que possuem”, comenta a coordenadora do CRAS, Rita de Cassia Farias da Silva. O CRAS Ipiranga e São Bento, recebem a roda de conversa, respectivamente, nos dias 10 e 12 de março. O primeiro às 8h30 e o segundo, às 14h.

Quarta-feira (11), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sorocaba (SSPMS) apresenta o I Fórum SSPMS Mulher com uma roda de conversa sobre “Luta, Resistência e Sororidade”. A atividade é voltada às servidoras municipais e contará com a participação da Coordenadoria da Mulher, vinculada à Secid. O Fórum acontece no próprio Sindicato às 19h.

Dia 13 (sexta-feira), uma sessão de cinema no CRAS Laranjeiras exibirá o filme “Que horas ela volta?”, em parceria com a Secretaria da Cultura (Secult) e a Secretaria de Esportes e Lazer (Semes) que, durante a sessão, realizará atividades recreativas para as crianças.

Bate-papo

Na tarde desta sexta-feira (6) as frequentadoras do CRAS Laranjeiras já participaram de um evento em celebração ao 8 de março. Com a presença da secretária de Recursos Humanos da Prefeitura de Sorocaba, Suélei Gonçalves; da presidente do Fundo Social de Solidariedade de Sorocaba (FSS), Jéssica Carvalho; da assistente de secretaria do FSS, Erika Kimura, da coordenadora da mulher, Ana Cristina Miragaia e da assistente social do CRAS, Mariselma Souza, o grupo promoveu uma roda de conversa sobre emponderamento feminino.

“Foi emocionante. Muitas mulheres jovens se colocaram falando das dificuldades que vivem e o que tentamos passar a elas é que é possível mudar”, relata Ana Miragaia. O propósito foi o de mostrar a capacidade e força que a mulher tem, patenteando a importância em não permitir que alguém as impeça de ser quem realmente querem. “Despertamos a reflexão para que possam achar um caminho diferente”, reforçou Miragaia.

Cerca de 20 mulheres participaram do bate-papo que, além de expor os diversos tipos de violência a que estão sujeitas, tratou dos casos de superação vivenciados por outras mulheres no intuito de mostrar que há saída para o sofrimento que enfrentam.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Escolas deverão ter volta escalonada com aulas presenciais e a distância

Cinebiografia da banda Planet Hemp ganha primeiro trailer

Vídeo: câmera flagra bandidos rendendo funcionário e assaltando supermercado

Caso de voluntária Taty Pólis será investigado pela Polícia Civil

Começamos a reverter a corrupção, diz presidente Jair Bolsonaro nos Emirados Árabes Unidos

Influenciadora relata agressão de marido com choro e sangue e diz que tem medo de morrer