Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Covid-19 iguala mortes da epidemia de dengue de 2015 em menos de 2 meses

Agência Sorocaba
Postado em: 22/05/2020

Compartilhe esta notícia:

Com as 4 mortes registradas nesta sexta-feira (22), a cidade de Sorocaba igualou, em menos de dois meses, o número de mortes da epidemia de dengue de 2015, que durante todo aquele ano vitimou 37 pessoas na cidade. Ao todo, 56,7 mil pessoas tiveram casos confirmados da doença.

O primeiro caso confirmado na cidade do novo coronavírus foi registrado em 24 de março. Três dias antes, a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL) já havia decretado Estado de Calamidade Pública na cidade, em virtude da doença. Aquele caso, no entanto, não evoluiu a óbito.

Na cidade, o primeiro óbito confirmado pela doença foi registrado em 28 de março. Durante este período, a cidade chegou ao total de 618 casos. Deste total, 33 estão internados (16 em UTI) e o total de recuperados e/ou em estado de recuperação atingiu 548. Os óbitos com a confirmação da doença aumentaram de 33 para 37.

Quatro novas mortes

Também nesta sexta-feira (22), a cidade contabilizou mais quatro mortes por conta da Covid-19. As vítimas foram três homens e uma mulher. O primeiro homem faleceu nesta quinta-feira (21), tinha 30 anos, pneumopatia e era imunodeprimido. Ele estava internado num hospital público de Sorocaba. Já o segundo morreu no dia 12 de maio e era cardiopata, tinha hepatite e pneumopatia. Ele tinha 48 anos e estava internado num hospital na capital paulista.

O terceiro homem tinha 76 anos, era diabético, hipertenso e possuía insuficiência renal. Ele faleceu no dia 15 de maio e estava internado em Votorantim. A quarta vítima do sexo feminino era hipertensa e diabética. Ela tinha 57 anos e faleceu nesta quinta-feira (21) em um hospital público de Sorocaba.

Epidemia de dengue

Em 2015, Sorocaba contabilizou mais de 56,7 casos de dengue, uma das maiores crises enfrentadas dos quatro anos da administração do então prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB). 

De acordo com informações da Secretaria da Saúde, em todo o ano de 2015, 37 pessoas morreram em virtude da doença.

Em 2020, Sorocaba registrou 1.657 casos confirmados de dengue (1.537 autóctones, 97 importados e 23 indeterminados) e 12 de chikungunya (10 autóctones e dois importados). Nenhum caso de zika e febre amarela foi registrado. Houve apenas uma morte registrada por conta da dengue neste ano.

As regiões com maior número de casos ficam na área de abrangência das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos bairros Jardim Rodrigo, Parque São Bento, Wanel Ville e Nova Esperança.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo Bolsonaro remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

Presidente do BNDES diz em Nova York: Brasil terá um crescimento resiliente, mas de longo prazo

Prefeitura de Sorocaba deve mais de R$ 8 milhões para a Santa Casa; não há previsão de pagamento

Revitalização do Programa ‘Recupera Sorocaba’ atende a região do Éden e Cajuru

Jaqueline assina convênio para instituição de repúblicas para Jovens; custo pode superar R$ 430 mil

Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos do novo coronavírus; número de mortes é de 432