Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio quer retirada imediata de base em frente à catedral

Postado em: 12/01/2019

Compartilhe esta notícia:

Por Gustavo Ferrari

O Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico, Turístico e Paisagístico de Sorocaba, em reunião realizada na última quarta-feira (9), deliberou “negativamente” contra a construção da guarita da Guarda Civil Municipal (GCM) em frente à catedral, na praça Coronel Fernandes Prestes, no Centro. Se não houver entendimento, o caso deve parar na Justiça.

Segundo o órgão, a construção da guarita se deu de forma “totalmente irregular” e deve ser demolida, sendo reconstruída em local “não tão próximo à edificação tombada“, no caso, a catedral.

Assinado pelo presidente do conselho, o arquiteto Alberto Streb, o documento, protocolizado na Prefeitura de Sorocaba, pede que seja elaborado um projeto arquitetônico completo, com a implantação e as vistas da construção, devidamente aprovados pelos órgãos municipais.

O conselho entende, também, que, devido a obra estar inserida numa área de interesse e preservação cultural histórica, o projeto arquitetônico deverá ser elaborado e assinado por um arquiteto, conforme prevê a resolução 51, artigo 2º, do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU).

width=576

width=576

Compartilhe: