Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Conheça a ‘Super Servidora’ que tem 33 anos de carreira na Prefeitura

Postado em: 22/10/2018

Compartilhe esta notícia:

Servidora pública há 33 anos, Renata Rocha de Camargo, de 50 anos, que atualmente trabalha no setor de topografia, é uma ‘Super Servidora’. Passando por 14 prefeitos e 3 setores, a história de vida de Renata se mistura com a sua carreira na Prefeitura de Sorocaba, lugar que ela tem como seu segundo lar, desde 1985.

Ainda jovem, com 17 anos, Renata começou a trabalhar na prefeitura por indicação de uma amiga – ex funcionária, aposentada pelo órgão executivo, pois, ainda não existia concurso público. Convidada a trabalhar como datilógrafa, na Secretaria de Transportes da época, a servidora prontamente aceitou, e após testes nas antigas máquinas de escrever, mecânicas e elétricas, foi contratada.

“Quando eu entrei, ainda estava no ensino médio e queria muito trabalhar. A minha vontade na época era a de ser professora, pois fiz magistério e faculdade de letras, mas, no fim, continuei a trabalhar na prefeitura, afinal, me sinto muito bem aqui e gosto muito de todo o apoio que recebemos”, conta a servidora.

A funcionária pública trabalhou por 25 anos na antiga Secretaria de Transportes, passando da datilografia para a parte administrativa, e depois, quando começaram os concursos públicos, ela prestou e passou a ser técnica de tráfego. Saindo dos transportes, Renata trabalhou no gabinete da Seplan, e atualmente, está na sessão de topografia.

“Passei por alguns setores e vários prefeitos, o que sempre me agregou muito, pois, cada prefeito que entra, da enfoque pra alguma área, como por exemplo, o trânsito, educação, saúde, então a cada chefe do poder executivo, são novos desafios e novas experiências”, declara a servidora.

Ainda sobre experiências, Renata conta que quando começou sua carreira na prefeitura, era muito tímida, não era uma boa comunicadora, e com o dia a dia, através do contato com o público e com os colegas de trabalho teve toda a evolução. Ela ainda aponta as dificuldades, pois, há bastante trabalho, e deve-se ter muita responsabilidade para cumpri-lo, como em qualquer outro emprego, mas a funcionária se alegra, pois no final, é recompensador.

“Ter passado esses 33 anos na prefeitura valeu muito a pena, eu gosto muito daqui, e eu faria tudo de novo, sem mudar nada. Tudo o que eu tenho, eu devo a este lugar que me acolheu desde moça, desde a parte financeira, a minha casa, carro, e até mesmo o meu marido, pois, foi uma colega de trabalho que me apresentou ele”, conclui a veterana.

O desejo de Renata é se aposentar no ano que vem, com 34 anos de carreira pública, para poder cuidar da família e acompanhar de perto o crescimento do seu único filho, Francisco Ferreira, de 12 anos, que recebe esse nome pela devoção de sua mãe à São Francisco.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“Assessor da Coxinha” e secretários são convocados pela CPI dos “voluntários”

Vereadores de Iacanga foram a prostíbulo com dinheiro público, denuncia MP

Queiroz pagou R$ 64 mil em dinheiro vivo por internação em hospital de elite em SP

Espetáculo Irmã Selma em Sorocaba

Manga: Sorocaba é a 1ª cidade de SP a vacinar idosos a partir de 90 anos da população geral

Procon notifica bancos para propiciarem ambiente seguro ao consumidor