Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Companheira de detento do CDP passa por médico para retirar maconha da vagina

Postado em: 18/02/2019

Compartilhe esta notícia:

Uma mulher de 27 anos precisou ser encaminhada a uma unidade de saúde de Sorocaba para retirar invólucros de maconha que estavam introduzidos em sua vagina. O caso ocorreu neste domingo (17).

Segundo informações do Centro de Detenção Provisória de Sorocaba, a jovem iria visitar um detento, seu companheiro que está preso por tráfico de drogas. Ao passar pelo scanner corporal, uma servidora do CDP notou a imagem estranha em seu corpo.

Ao ser questionada, a visitante negou que estivesse com algo introduzido. Diante da situação a Polícia Militar foi acionada e a mulher foi encaminhada à UPA de Sorocaba onde passou por procedimento médico. Lá foi constatado que ela estava com invólucro introduzido em sua genitália com o peso de 0,072 kg. De lá, ela seguiu para o Plantão Policial Norte.

O preso foi isolado preventivamente e será instaurado procedimento administrativo pelo CDP para apurar responsabilidades.

width=1280 width=960

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Trump cumpre ameaça e publica antes uma entrevista que será exibida na TV no domingo

Cobrança da tarifa de Zona Azul em Sorocaba está suspensa até dia 22 de abril

Acesso ao pontilhão da Chave será interditado na próxima segunda-feira (14)

Depósito de Queiroz ajudou mulher de Flávio Bolsonaro a quitar parcela de imóvel

Adote um artista - confira a coluna de José Simões

Impressionante: 594 presos fugiram de penitenciária de Porto Feliz; mais de 320 foram recapturados