Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

COI confirma breakdance e paridade de gênero nas Olimpíadas de Paris-2024

Arquivo / Folhapress
Postado em: 07/12/2020

Compartilhe esta notícia:

Folhapress

O breakdance fará parte do programa olímpico dos Jogos de Paris-2024, que também incluirá escalada, skate e surfe, estes três esportes estreantes na adiada edição de Tóquio-2021. A decisão foi confirmada nesta segunda-feira (7) pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach.

A edição francesa terá outras três novidades principais em relação aos Jogos japoneses: o número total de atletas diminuirá em 600 (para 10.500), os pódios irão de 339 a 329 e, pela primeira vez na história, haverá paridade exata entre atletas masculinos e femininos.

No ano passado, o COI já havia aprovado provisoriamente a indicação dos quatro esportes adicionais feita pelo comitê de Paris-2024.

Segundo Tony Estanguet, presidente do comitê organizador da Olimpíada da França, disse na ocasião, a escolha se adequa ao desejo de "trazer uma dimensão mais urbana e mais artística ao esporte".

O caratê, que junto com surfe, skate e escalada fará estreará no Japão, não teve sua continuidade aprovada para 2024.

O comitê rejeitou ainda a inclusão de modalidades adicionais em determinados esportes, por exemplo o handebol de praia e o parkour como uma disciplina da ginástica.

Também excluiu a marcha atlética de 50 km, retirou provas do levantamento de pesos, reduziu as categorias masculinas de boxe de 8 para 7 e elevou as femininas de 5 para 6 (o número de pugilistas será igual nos dois gêneros).

Na canoagem slalom, foi aprovada a inclusão da prova extrema, em que o Brasil já teve bons resultados em campeonatos mundiais com Ana Sátila Vargas e Pepê Gonçalves.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Campanhas de ‘pólio’, sarampo e multivacinação são prorrogadas novamente em Sorocaba

Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais

Aniversário de Lula ocupa horário eleitoral de petistas na TV em pelo menos quatro capitais

Por ordem judicial, Bolsonaro pede desculpas à deputada Maria do Rosário

Florianópolis não tem morte por Covid-19 há quase um mês

Governo já desembolsou R$ 197 bilhões em auxílio emergencial