Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Cidade da Região Metropolitana de Sorocaba bloqueia estradas para evitar Covid-19

Postado em: 20/05/2020

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Cerquilho, cidade da Região Metropolitana de Sorocaba, realiza barreiras sanitárias nas vias e rodovias de acesso ao município, a partir desta quarta-feira (20). A tomada de decisão ocorre por meio da Secretaria de Segurança e de Saúde. 

 

O objetivo da ação, que consta no decreto 3.353, desta última terça-feira (19), o qual dispõe sobre a instalação de pontos de fiscalização sanitária no município é reduzir a propagação do novo coronavírus e preservar a saúde da população contra a Covid-19.

 

Para que o monitoramento aconteça de forma eficaz, com exceção da entrada da avenida João Pilon (nos dois sentidos) e a Estrada Vicinal Boituva/Cerquilho (avenida Washinton Luis), as demais entradas do município estarão fechadas.

 

Os agentes públicos identificados irão solicitar a parada de veículos nas entradas que estarão abertas (av João Pilon e av. Washington Luís) e realizar o rastreamento clínico, incluindo aferição de temperatura corporal de motoristas e passageiros, nas entradas que estarão abertas.

 


Caso a pessoa rastreada apresente suspeita de infecção pela Covid-19, será orientada e encaminhada para unidade de atendimento específica, para ser assistida e evitar a possível propagação da doença.

 

Cerquilho tem 45 mil habitantes, integra a sub-região 1 da Região Metropolitana de Sorocaba e atualmente registra 11 casos confirmados de Covid-19, 2 mortes, 25 descartados, 2 aguardando o resultado de exame e 48 famílias monitoradas.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Espetáculo Irmã Selma em Sorocaba

Vereadores votam isenção da taxa de lixo para terrenos vazios em sessão desta 3ª

Em maior ataque desde cessar-fogo, bombardeio na Síria deixa 78 mortos

Total de recuperados da Covid-19 sobe para 18.679 em Sorocaba

Violência contra a mulher: padrasto é preso suspeito de matar jovem de 18 anos

Primeira semana do retorno das aulas conta com 60% dos alunos previstos