Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Cerrado será primeira região descentralizada a receber a operação ‘Todos contra a Covid’

Agência Sorocaba
Postado em: 16/06/2020

Compartilhe esta notícia:

Agentes da Fiscalização da Secretaria de Segurança Urbana de Sorocaba (Sesu), da Guarda Civil Municipal (GCM) e fiscais da Vigilância Sanitária (Visa) retomam, a partir desta quarta-feira (17), a operação “Todos contra a Covid” nos bairros com maior incidência da doença. A ação começa pela região do Cerrado cobrindo três setores que incluem parte do Jardim Itanguá, Jardim Americano e Vera Cruz.

A operação tem caráter educativo e a meta é que a cidade continue na fase 2 – Laranja, evitando um regresso ao nível vermelho, da Zona 1, determinando o fechamento das atividades recentemente liberadas por decreto municipal. 

Com a parceria da Secretaria de Saúde, novas ações de fiscalização ocorrerão em áreas que apresentam maior incidência de casos positivos de contágio pelo novo coronavírus. Além disso, são observadas as características comerciais desses locais, cujos corredores comerciais podem se traduzir em  aglomeração de pessoas.

De acordo com o Diretor da Secretaria de Segurança,  Deny Silva, a setorização de ações de combate à pandemia surge como uma medida de resultados mais efetivos. O mesmo trabalho já foi desenvolvido na região central de Sorocaba e contou com a setorização da área em 18 partes, onde participaram 12 fiscais de carreira e de 20 diretores de área que passaram por treinamento específico para atuação, enquanto agentes multiplicadores.

As ações ocorreram na última quinta-feira (11) do feriado de Corpus Christi e no sábado (13), das 9h às 13h30, cobrindo 100% da região central.  Deny esclarece que, devido ao novo esquema adotado, o agente fiscalizador retorna  ao estabelecimento fiscalizado,  orientando aos lojistas e, principalmente, aos consumidores. As orientações aconteceram dentro dos estabelecimentos e nas ruas; também foram entregues  210 máscaras faciais por meio de uma parceria com a Secretaria de Cidadania (Secid).  “Não temos como sair dessa pandemia de caráter mundial se não trabalhamos juntos. Se cada um fizer a sua parte, o poder público orientando e a população colaborando, saindo apenas quando realmente necessário, sairemos mais cedo dessa situação”, finaliza Deny.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro chama de "pequenos problemas" suspeitas sobre filho Flávio

Bolsonaro assina Projeto de Lei Anticrime proposto por Sérgio Moro

Fiscalização da Prefeitura fecha 15 estabelecimentos e interdita desmanche

Fim definitivo do Sabe Tudo é uma derrota da sociedade sorocabana, diz colunista

Como evitar riscos em procedimentos estéticos

Em Cena destaca teatro e música neste final de semana