Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Centro de Radioterapia da Santa Casa de Sorocaba é inaugurado nesta terça

Postado em: 11/02/2020

Compartilhe esta notícia:

 


Foi inaugurado no início da manhã desta terça-feira (11) o Centro de Radioterapia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba. 

O espaço contará com o acelerador linear para tratamento de pacientes com câncer. O novo centro foi uma conquista da gestão do padre Flávio Jorge Miguel Júnior, que é diretor-presidente da unidade de saúde. 

O acelerador nuclear foi custeado pelo Ministério da Saúde, no valor de R$ 2 milhões e importado dos Estados Unidos. A expectativa do hospital, segundo explicou o diretor-presidente da unidade de saúde, padre Flávio Jorge Miguel Júnior. Segundo ele, o novo aparelho atende a cerca de 50 pacientes oncológicos por mês.

Aceleradores lineares são equipamentos utilizados em uma modalidade do tratamento de câncer, que é a radioterapia. É um aparelho que gera uma forma de radiação, através de corrente elétrica, e o aparelho direciona para a área que se deseja tratar. Essa radiação no tecido doente promove a destruição desse tecido.

Essa modalidade de tratamento contra o Câncer é muito importante para uma série de tumores. Ele tem um tratamento que pode ser curativo, empregando radioterapia associada à quimioterapia. Então a existência desses equipamentos, para muitos pacientes é uma opção de cura que existe para doença dele. Em outras situações, onde a doença não é curável, por exemplo, um paciente que tem um câncer avançado, consegue aliviar os sintomas pelo tratamento de radioterapia, explica gestor da unidade. Então, ressalta, melhora a qualidade de vida de pessoas que estão tratando dessa doença. “Quero aqui agradecer a Prefeitura de Sorocaba, na pessoa da prefeita Jaqueline Coutinho, e todos aqueles que ajudaram para que hoje possamos estar aqui realizando a entrega desse importante equipamento voltado ao tratamento daqueles que mais precisam, disse o diretor-presidente da unidade de saúde, padre Flávio Jorge Miguel Júnior, que completou destacando que a Santa Casa reúne todos os requisitos para vir a se transformar também num hospital de referência voltado ao tratamento do câncer.

A prefeita Jaqueline Coutinho, durante seu discurso, recordou do dia 15 de agosto de 2017, quando, também à frente da administração municipal assinou a devolução da Santa Casa de Misericórdia  à Irmandade após suas requisição na administração anterior por duas vezes, que agonizava em meio as denúncias de corrupção, dívidas  e, consequentemente, dos reflexos que isso trazia para o atendimento à população. Elogiou a gestão do padre Flávio à frente da Santa Casa que, tão logo assumiu negociou novos prazos das dívidas da entidade com os bancos e passou a acertar questões pontuais do hospital que funciona pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “Desde que assumiu o comando da Santa Casa, padre Flávio, o senhor conseguiu devolver a credibilidade ao gerenciamento da instituição que desde 2013 enfrentou problemas. Desde então, com muito sacrifício, sabemos, muita coisa mudou e a população voltou a contar com atendimento de qualidade”, ressaltou e completou: “Hoje estamos aqui para mais essa conquista em prol da nossa população. E não foi um tarefa fácil sua implantação. Foram muitos os entraves burocráticos”, disse.


Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Se deu mal: criminoso é preso em flagrante ao tentar furtar residência em Araçoiaba da Serra

Vândalos invadem creche e brincam em escorregador em Tatuí

Mutirão de Castração abre inscrição para 16 bairros da Zona Norte de Sorocaba

Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em endereços do ex-prefeito José Crespo

Adolescente morre e três ficam feridos após serem baleados por motoqueiros

Trump testa negativo para coronavírus, diz Casa Branca