Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Centro de Radioterapia da Santa Casa de Sorocaba é inaugurado nesta terça

Postado em: 11/02/2020

Compartilhe esta notícia:

 


Foi inaugurado no início da manhã desta terça-feira (11) o Centro de Radioterapia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba. 

O espaço contará com o acelerador linear para tratamento de pacientes com câncer. O novo centro foi uma conquista da gestão do padre Flávio Jorge Miguel Júnior, que é diretor-presidente da unidade de saúde. 

O acelerador nuclear foi custeado pelo Ministério da Saúde, no valor de R$ 2 milhões e importado dos Estados Unidos. A expectativa do hospital, segundo explicou o diretor-presidente da unidade de saúde, padre Flávio Jorge Miguel Júnior. Segundo ele, o novo aparelho atende a cerca de 50 pacientes oncológicos por mês.

Aceleradores lineares são equipamentos utilizados em uma modalidade do tratamento de câncer, que é a radioterapia. É um aparelho que gera uma forma de radiação, através de corrente elétrica, e o aparelho direciona para a área que se deseja tratar. Essa radiação no tecido doente promove a destruição desse tecido.

Essa modalidade de tratamento contra o Câncer é muito importante para uma série de tumores. Ele tem um tratamento que pode ser curativo, empregando radioterapia associada à quimioterapia. Então a existência desses equipamentos, para muitos pacientes é uma opção de cura que existe para doença dele. Em outras situações, onde a doença não é curável, por exemplo, um paciente que tem um câncer avançado, consegue aliviar os sintomas pelo tratamento de radioterapia, explica gestor da unidade. Então, ressalta, melhora a qualidade de vida de pessoas que estão tratando dessa doença. “Quero aqui agradecer a Prefeitura de Sorocaba, na pessoa da prefeita Jaqueline Coutinho, e todos aqueles que ajudaram para que hoje possamos estar aqui realizando a entrega desse importante equipamento voltado ao tratamento daqueles que mais precisam, disse o diretor-presidente da unidade de saúde, padre Flávio Jorge Miguel Júnior, que completou destacando que a Santa Casa reúne todos os requisitos para vir a se transformar também num hospital de referência voltado ao tratamento do câncer.

A prefeita Jaqueline Coutinho, durante seu discurso, recordou do dia 15 de agosto de 2017, quando, também à frente da administração municipal assinou a devolução da Santa Casa de Misericórdia  à Irmandade após suas requisição na administração anterior por duas vezes, que agonizava em meio as denúncias de corrupção, dívidas  e, consequentemente, dos reflexos que isso trazia para o atendimento à população. Elogiou a gestão do padre Flávio à frente da Santa Casa que, tão logo assumiu negociou novos prazos das dívidas da entidade com os bancos e passou a acertar questões pontuais do hospital que funciona pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “Desde que assumiu o comando da Santa Casa, padre Flávio, o senhor conseguiu devolver a credibilidade ao gerenciamento da instituição que desde 2013 enfrentou problemas. Desde então, com muito sacrifício, sabemos, muita coisa mudou e a população voltou a contar com atendimento de qualidade”, ressaltou e completou: “Hoje estamos aqui para mais essa conquista em prol da nossa população. E não foi um tarefa fácil sua implantação. Foram muitos os entraves burocráticos”, disse.


Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Novo PGR troca afagos com Bolsonaro, e presidente fala em amor à primeira vista

Jaqueline endurece regras de fechamento e prorroga quarentena até 14 de julho

PM investiga se policiais fardados estavam bebendo em bar durante horário de serviço

Cachorro resgatado de lixão se torna mascote da Polícia Militar em Santa Catarina

São Paulo elege palhaço, general, príncipe e ator pornô

Coronavírus é mais fatal com funcionários do que presos nas cadeias de SP