Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Casos de covid-19 na Itália atingem novo recorde diário

Foto: Reuters/Flavio Lo Scalzo/Direitos Reservados
Postado em: 22/10/2020

Compartilhe esta notícia:

A Itália registrou 15.199 novas infecções de covid-19 nas últimas 24 horas, informou o Ministério da Saúde nessa quarta-feira (21), o maior número diário desde o início do surto no país e acima do recorde anterior, de 11.705 no domingo (18). Na terça-feira, surgiram 10.874 casos novos do vírus altamente contagioso.


As informações são da Agência Brasil.

 

O ministério também relatou 127 mortes relacionadas à doença nessa quarta-feira, mais do que as 89 do dia anterior, mas muito menos do que o auge da pandemia na Itália, ocorrido em março e abril, quando se viu um pico diário de mais de 900 mortes.

 

Depois de diminuírem durante o verão, as infecções aceleraram de forma constante nos últimos meses. Agora elas estão distribuídas mais amplamente pelo país do que durante a primeira onda, mas a região mais duramente afetada voltou a ser a Lombardia, no entorno da capital financeira Milão.

 

Ontem, a Lombardia respondeu por 4.125 dos casos novos da Itália, e Milão e arredores se aproximaram de duas mil infecções nas últimas 24 horas.

 

O número de pessoas contaminadas em unidades de tratamento intensivo vem aumentando continuamente: na terça-feira eram 870 e ontem chegaram a 926, muito acima das cerca de 40 da segunda metade de julho.

 

Mas o número de amostras de exames coletadas nas últimas 24 horas também atingiu um novo recorde, indo de 144.737 na terça-feira para 177.848 anteontem.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro

Pedreiro morre soterrado após desabamento em obra de supermercado

Junta do Serviço Militar em Sorocaba atenderá em novo endereço

Juiz arquiva inquérito da facada, mas diz que caso pode ser reaberto se houver novos elementos

Lula diz que Bolsonaro vive ‘lambendo as botas do governo americano’

PM publica edital para contratar 2,7 mil soldados, com salário a partir de R$ 3,1 mil