Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Casal é preso pela GCM após atentado contra a equipe

Foto: divulgação/GCM
Postado em: 10/09/2020

Compartilhe esta notícia:


A Guarda Civil Municipal de Sorocaba deteve, nessa quarta-feira (9), um homem de 39 anos que atirou contra um agente da equipe. O crime ocorreu na terça-feira (8).

Conforme a GCM, a prisão ocorreu quando a equipe patrulhava próximo ao Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico -  IHGG e se deparou com um veículo parado, com o porta malas aberto e dois indivíduos guardando algo no interior. No momento da abordagem, um homem informou que no interior do seu veículo havia uma arma, onde foi localizado um revólver calibre 38, com 6 munições intactas. Questionado, informou que havia achado a arma pelo bairro Carandá onde reside, e que no dia anterior havia acontecido uma discussão no trânsito, onde disparou com a mesma arma contra o outro veículo envolvido.


Ainda no local, o rapaz informou aos agentes públicos que em sua residência teria mais armas e munições. A equipe lá chegando, foi recebida por duas adolescentes que se identificaram como filhas do detido. Após diálogo com os guardas, elas informaram que sua mãe havia ligado minutos antes da chegada da equipe, mandando que elas retirassem do apartamento todas as armas e munições que estavam guardadas.


Dessa forma, as adolescentes levaram os guardas até o local, onde localizaram uma carabina calibre 38, 3 munições de calibre 38, 24 munições de  calibre 22, 5 munições de calibre 32, uma besta, 7 facas, 1 canivete, 3 cartuchos vazios de calibre 32, 1 munição deflagrada de calibre 38 e vários instrumentos para manutenção de armas. 


Após alguns minutos, compareceu a genitora das adolescentes e confirmou a versão passadas pelas jovens. 


Diante dos fatos, as partes foram conduzidas ao Plantão Policial Norte, onde a autoridade determinou a prisão do homem de 39 anos  pelo crime de Porte Ilegal de Arma, e sua esposa, 37 anos, foi presa pelo crime de Posse Ilegal de Arma, ficando ambos à disposição da Justiça. As adolescentes responderão pelo Ato Infracional de Posse de Armas, sendo liberadas para tia.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Zoo completa 50 anos com festa e cerimônia marcada pela alegria e emoção

Comércio de rua paulistano já demite e perde lojas

Maia: discurso de Bolsonaro passa ideia de apoio ao desmatamento

Novas mensagens de Bolsonaro a Moro reforçam versão de interferência na PF

Pai é preso após tentar matar filho recém-nascido em Iperó; caso aconteceu neste domingo

Homem de 29 anos é esfaqueado pelo padrasto em Aparecidinha; suspeito é idoso e fugiu em caminhonete