Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Câmara de Vereadores já tem votos para cassar Crespo e busca solução

Postado em: 17/04/2019

Compartilhe esta notícia:

O andamento do processo de investigação de crimes de corrupção dentro do governo do prefeito José Crespo (DEM), por parte da Polícia Civil, e seu possível envolvimento em crimes de responsabilidade, colocou a Câmara Municipal de Sorocaba no protagonismo de um processo que pode resultar na cassação do chefe do Executivo. As denúncias feitas em depoimento pelo ex-secretário de Comunicação e Eventos, Eloy de Oliveira, na semana passada, caíram como uma bomba entre os parlamentares.

Segundo o IPA Online apurou com exclusividade junto a vereadores nesta quarta-feira (17), já há maioria de votos favoráveis a um afastamento de Crespo a partir na próxima semana, quando voltam os trabalhos do Legislativo. Pelo menos 14 vereadores já manifestaram a intenção de não segurar o chefe do Executivo no cargo. O cenário, porém, ainda não está completo porque os vereadores buscam uma “solução tecnicamente definitiva”, com o receio de que Crespo consiga, por meio de ações judiciais, retornar ao cargo, como ocorreu em sua primeira cassação, em 2017.

De acordo com parlamentares ouvidos pelo IPA Online, existe o receio de que a Casa de Leis perca credibilidade se afastar Crespo novamente e ele for reconduzido ao cargo. Um vereador, que preferiu não ser identificado, da base de apoio do governo Crespo, afirmou que “o momento é grave, é certo que a situação do prefeito é insustentável, mas que a solução precisa ser tecnicamente definitiva”. “Não podemos errar de novo. A cidade não aguenta”, explicou.

Na manhã desta quarta-feira (17), o presidente do Legislativo, vereador Fernando Dini (MDB), reforçou a postura de prudência da Câmara Municipal, em entrevista ao vivo ao Jornal da Ipanema. “Não quero em momento algum dar um passo maior que a perna. Temos uma responsabilidade muito grande. Tenho a cautela de envolver todos os colegas… para que a gente possa dar a resposta que todos querem, que é a participação efetiva do Legislativo nesses novos fatos”, afirmou.

“A Câmara não fará nenhum tipo de omissão, até porque não estamos em uma situação que envolva apenas o Legislativo e o Executivo. Existe hoje uma cidade que está constrangida com os últimos fatos. Existe hoje uma cidade constrangida pelo que vem sendo feito dia a dia. Não podemos ter nenhum tipo de esquecimento quanto ao entendimento à ampla defesa e ao contraditório, mas contra fatos não há argumentos. Enquanto tendo provas, não existem discussões. Temos que ter a prudência e o entendimento que a Câmara Municipal de Sorocaba não irá se omitir diante de fatos concretos. Você pode ter certeza e digo a todos que diante de fatos concretos a Câmara mostrará o tamanho e o compromisso com a sociedade”, destacou Dini.

A presidente da CPI do Falso Voluntariado, Iara Bernardi (PT), questionada no Jornal da Ipanema sobre a possibilidade de apresentação do relatório da comissão já na próxima terça-feira (17) e a possível votação de abertura de uma comissão processante, respondeu positivamente. “Tudo o que você está afirmando pode. Tem uma reunião agora com vereadores, a vereadora Fernanda é a relatora, trabalhamos em conjunto, tem os assessores, a assessoria jurídica da Casa. Todos juntos trabalham na elaboração deste relatório”, disse Iara.

Outro processo que pode resultar na abertura de uma Comissão Processante, no final da tarde desta quarta-feira (17), foi protocolado um novo aditamento ao processo que pede a abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito José Crespo (DEM). Novamente, o protocolo foi feito pelo denunciante Fábio Ricardo dos Santos.

O documento será entregue ao presidente da Câmara Municipal, vereador Fernando Dini (MDB), que tomará ciência do novo protocolo e o encaminhará para a análise da Secretaria Jurídica.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro sobre manifestações: “cumprindo o que prometeu na campanha”

Najila Trindade, que acusou Neymar, passa de vítima de estupro a investigada em SP

Mais de 820 mil veículos devem trafegar pelo sistema Castello-Raposo durante o feriado de Natal

Sorocaba é a 1ª cidade do interior de SP a decretar Estado de Emergência por coronavírus

Prefeitura realiza manutenção na ciclovia da Dom Aguirre

Nativos, imigrantes e simbiontes digitais