Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Câmara derruba projeto de Crespo para terceirização do CIC

Postado em: 26/02/2019

Compartilhe esta notícia:

A Câmara de Sorocaba vetou por unanimidade o projeto de Lei nº 42/2018, que pretendia conceder o uso, a título oneroso, mediante licitação, para exploração do Estádio Municipal “Walter Ribeiro”. A proposta havia recebido dez emendas dos parlamentares, o que aumenta a oneração para os concessionários e fez com que o secretário de Esportes e Lazer, Simei Lamarca, demonstrasse pessimismo quanto à viabilidade do projeto.

O projeto causou polêmica na semana passada no Legislativo, quando o secretário de Esportes e Lazer, Simei Lamarca, foi indagado pelo vereador Irineu Toledo (PRB), líder do governo, sobre a terceirização do Estádio Municipal. Lamarca disse que a situação econômica do país dificulta a terceirização do estádio, mas adiantou que Sorocaba terá no CIC “a primeira academia pública de Sorocaba, gratuita, para toda a população”.

A argumentação do secretário se deve à oneração para o vencedor da concessão, que após as emendas dos vereadores, será grande. Ela envolve desde a isenção de taxas por parte do São Bento, desconto para servidores públicos e gratuidade de ingressos para pessoas com renda ate dois salários mínimos, até a doação de uma máquina de raio-x e um mamógrafo para a Santa Casa de Sorocaba.

Por este motivo, o vereador Renan Santos (PCdoB) solicitou aos colegas a rejeição do projeto. Ele foi acompanhado por todos os vereadores.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Na primeira assembleia, motoristas aceitam aumento de 5,83%

Lincoln Salazar: “Os políticos não estão preocupados com o que o eleitor sente, mas como ele vota”

Dupla é detida ao tentar furtar botijões de gás de creche na Vila Carvalho

Brasil deve retomar grau de investimento em breve, diz ministro

Crespo reapresenta projeto que cria “imposto” para iluminação pública

Pedagógica promove encontro entre educadores, editores e fornecedores