Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Câmara derruba projeto de Crespo para terceirização do CIC

Postado em: 26/02/2019

Compartilhe esta notícia:

A Câmara de Sorocaba vetou por unanimidade o projeto de Lei nº 42/2018, que pretendia conceder o uso, a título oneroso, mediante licitação, para exploração do Estádio Municipal “Walter Ribeiro”. A proposta havia recebido dez emendas dos parlamentares, o que aumenta a oneração para os concessionários e fez com que o secretário de Esportes e Lazer, Simei Lamarca, demonstrasse pessimismo quanto à viabilidade do projeto.

O projeto causou polêmica na semana passada no Legislativo, quando o secretário de Esportes e Lazer, Simei Lamarca, foi indagado pelo vereador Irineu Toledo (PRB), líder do governo, sobre a terceirização do Estádio Municipal. Lamarca disse que a situação econômica do país dificulta a terceirização do estádio, mas adiantou que Sorocaba terá no CIC “a primeira academia pública de Sorocaba, gratuita, para toda a população”.

A argumentação do secretário se deve à oneração para o vencedor da concessão, que após as emendas dos vereadores, será grande. Ela envolve desde a isenção de taxas por parte do São Bento, desconto para servidores públicos e gratuidade de ingressos para pessoas com renda ate dois salários mínimos, até a doação de uma máquina de raio-x e um mamógrafo para a Santa Casa de Sorocaba.

Por este motivo, o vereador Renan Santos (PCdoB) solicitou aos colegas a rejeição do projeto. Ele foi acompanhado por todos os vereadores.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo pedirá ao Congresso reconhecimento de calamidade pública no país

Câmera mostra casal durante madrugada em que criança caiu do 4º andar

Secretários e chefe de gabinete de Crespo vão depor na “CPI da Taty Polis” nesta terça

Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil é a maior desde maio, diz Imperial College

PF deflagra operação para apurar desvios na aquisição de equipamentos da Covid-19

Nível de chuvas em Sorocaba está dentro do esperado para o mês