Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Câmara arquiva pedido de cassação contra Jaqueline por "falta de requisitos legais"

Arquivo
Postado em: 11/05/2020

Compartilhe esta notícia:

A Secretaria Jurídica da Câmara Municipal de Sorocaba recomendou o arquivamento da denúncia contra a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL), protocolada na casa, na manhã desta segunda-feira, por não preencher os requisitos legalmente necessários. O documento foi exposto aos vereadores que compõe à Mesa de Diretora e o arquivamento aprovado, segundo divulgou a assessoria do Legislativo nesta segunda-feira (11).

O pedido de cassação foi feito por um advogado de Sorocaba, e protocolado na última segunda-feira (4). Segundo informações do Legislativo, o pedido de cassação teve como embasamento uma possível fraude a licitação.

A prefeita Jaqueline Coutinho passou por um processo de cassação por ações de seu primeiro mandato, em 2017, em virtude do uso de um funcionário do Saae para serviços particulares. O fato foi a julgamento dos vereadores apenas no ano passado. Por apenas 1 voto, a então vice-prefeita escapou do processo de cassação. Na época, 13 vereadores votaram pela cassação do mandato da vice. 

Com a cassação de José Crespo (Dem) cerca de um mês depois, Jaqueline assumiu a Prefeitura em 3 de agosto de 2019 e segue prefeita.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

VEJA VÍDEO: Defesa de mulher que acusou Neymar diz que entregará vídeo completo à polícia

Acompanhe a sessão de julgamento que pode cassar mandato da vice

UPH Zona Norte e UPA Éden passam a atender como referência Covid-19 nesta segunda

Prefeitura suspende ações previstas para sábado no Carandá

Crespo será investigado na justiça comum em três inquéritos policiais diferentes

Mourão diz que pânico com coronavírus não com condiz com a realidade