Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Câmara arquiva pedido de cassação contra Jaqueline por "falta de requisitos legais"

Arquivo
Postado em: 11/05/2020

Compartilhe esta notícia:

A Secretaria Jurídica da Câmara Municipal de Sorocaba recomendou o arquivamento da denúncia contra a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL), protocolada na casa, na manhã desta segunda-feira, por não preencher os requisitos legalmente necessários. O documento foi exposto aos vereadores que compõe à Mesa de Diretora e o arquivamento aprovado, segundo divulgou a assessoria do Legislativo nesta segunda-feira (11).

O pedido de cassação foi feito por um advogado de Sorocaba, e protocolado na última segunda-feira (4). Segundo informações do Legislativo, o pedido de cassação teve como embasamento uma possível fraude a licitação.

A prefeita Jaqueline Coutinho passou por um processo de cassação por ações de seu primeiro mandato, em 2017, em virtude do uso de um funcionário do Saae para serviços particulares. O fato foi a julgamento dos vereadores apenas no ano passado. Por apenas 1 voto, a então vice-prefeita escapou do processo de cassação. Na época, 13 vereadores votaram pela cassação do mandato da vice. 

Com a cassação de José Crespo (Dem) cerca de um mês depois, Jaqueline assumiu a Prefeitura em 3 de agosto de 2019 e segue prefeita.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

WhatsApp limita reenvios de mensagens a somente cinco destinatários por vez

Jaqueline sanciona Programa de Pagamentos de Débitos Municipais

O melhor da obra de Quentin Tarantino antes da estreia de “Era Uma Vez em… Hollywood”

Bolsonaro: É impossível governar o Brasil se a Câmara mantiver decisão sobre reajuste

Advogado de mulher que acusa Neymar de estupro diz que deixou o caso

Família é mantida refém durante roubo na Vila Jardini; GM recupera carro das vítimas