Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Câmara aprova projeto para coibir roubo de fios de cobre na cidade

Postado em: 07/03/2019

Compartilhe esta notícia:

Dois projetos em primeira discussão, seis em segunda e seis em discussão única foram aprovados pelos vereadores durante a 9ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Sorocaba, realizada na manhã desta quinta-feira (7). “Dia do Desapego Literário”; sustação de decreto sobre licenças de saúde; desconto do ISSQN para empresas “startups”; reserva para músicos sorocabanos em shows financiados pelo município; “Semana Municipal do Samba”; e licenciamento de empresas de sucata são os temas dos projetos acatados em segunda discussão. Já as propostas aprovadas em primeira discussão tratam do “Diploma Jovem Inspirados” e de primeiros socorros para engasgamento de bebês.

O Projeto de Lei nº 303/2018, de autoria do vereador Anselmo Neto (PSDB), vai criar novas regras para o licenciamento de empresas do ramo de sucata, ferro velho, desmanche e congêneres, com o objetivo de coibir os furtos de cabos e fios de cobre e alumínio no município. O projeto foi aprovado com emenda do próprio autor incluindo os materiais de metais pesados e as escoras de chumbo. Antes, abrindo a ordem do dia foram aprovados, em discussão única, seis projetos de lei de denominação de ruas e próprios públicos.

Abrindo a lista dos projetos em segunda discussão, foi aprovado o Projeto de Lei nº 299/2018, de autoria do vereador Fernando Dini (MDB), que institui o “Dia do Desapego Literário”, de incentivo à leitura, a ser comemorado anualmente em 25 de julho. O projeto tem como objetivo instituir e divulgar a campanha “Esqueça um Livro e Espalhe Conhecimento”, um projeto iniciado nos Estados Unidos e trazido para o Brasil em 2013, que consiste em esquecer propositalmente um livro já lido em local público para que outra pessoa o encontre e possa lê-lo também.

Em seguida, foi aprovado também em segunda discussão, com emenda da autora, o Projeto de Decreto Legislativo nº 102/2018, da vereadora Fernanda Garcia (PSOL), que susta os efeitos de quatro parágrafos (1º, 2°, 3° e 4°) do artigo 2° do Decreto n° 23.901, de 18 de julho de 2018, de autoria do prefeito municipal, que dispõe sobre concessão de afastamentos e licenças de saúde ao funcionalismo público municipal. O projeto também susta o inciso “e” do artigo 3° do mesmo decreto n° 23.901. Para a autora, o decreto viola o Estatuto dos Servidores Municipais e leis federais, além de ferir normas do Conselho Federal de Medicina que visam resguardar a privacidade da relação médico-paciente.

Incentivo fiscal

Ainda em segunda discussão foi aprovado o Projeto de Lei nº 287/2018, de autoria do vereador Hudson Pessini (MDB), que prevê a concessão de descontos gradativos no ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) para empresas emergentes, conhecidas como “startups”, dedicadas exclusivamente ao desenvolvimento de produtos e serviços que beneficiem setores de interesse público, tais como saúde, educação, segurança e mobilidade. Os descontos variam de 60%, no primeiro ano, até 30% no quarto e no quinto anos. As empresas beneficiadas devem reverter 10% do incentivo a cada ano em projetos sociais.

Hudson Pessini defendeu o projeto, que foi aprovado com uma emenda da Comissão de Justiça. “Startup é uma empresa que está começando, muitas vezes sem funcionários, e que depois começa a prosperar. Todo o início na iniciativa privada é difícil e essa lei vem dar um fôlego às empresas, aliviando um pouco a carga de impostos”, disse.

Outra matéria aprovada em segunda discussão foi o Projeto de Lei nº 300/2018, de autoria do vereador Wanderley Diogo (PRP), estabelecendo que, na contratação de cantores, instrumentistas, bandas ou conjuntos musicais para a abertura ou encerramento de apresentações musicais de qualquer gênero, financiadas por recursos públicos municipais, deverão ser priorizados artistas residentes no Município de Sorocaba. Para ter direito à cota, os músicos, cantores ou grupos musicais locais deverão ser cadastrados junto à Secretaria Municipal de Cultura. O autor ressaltou que o projeto nasceu da demanda dos músicos da cidade, que pedem maior apoio do Poder Público. “Temos que valorizar nossos artistas. Nas cidades de Carapicuíba, Caldas Novas e Cascavel já funciona este projeto”, afirmou. A proposta recebeu o apoio de outros parlamentares como Fausto Peres (Podemos) e Hélio Brasileiro (MDB).

Semana do Samba

De autoria da vereadora Iara Bernardi (PT), foi aprovado em segunda discussão o Projeto de Lei nº 318/2018, que institui a “Semana Municipal do Samba” a ser realizada anualmente na semana em que recai o dia 2 de dezembro em que é comemorado o “Dia Municipal do Samba”. A autora reforçou que o dia do samba já existe na cidade e que seu intuito é apenas estender as comemorações para que mais grupos de tradição na cidade possam também se apresentar.

Já o vereador Luis Santos (Pros) se manifestou contrariamente ao projeto. “Infelizmente até essa área foi apropriada para expressar a intolerância religiosa”, disse, criticando episódios do Carnaval deste ano. Por sua vez, a vereadora Fernanda Garcia (Psol) defendeu o samba como manifestação cultural do brasileiro, assim como Renan Santos (PCdoB). Outros vereadores, como João Donizeti Silvestre (PSDB) e Anselmo Neto (PSDB), também se manifestaram favoráveis ao projeto.

Primeira discussão

Foi aprovado em primeira discussão o Projeto de Decreto Legislativo nº 112/2018, de autoria do vereador Fausto Peres (Podemos), que institui o “Diploma Jovem Inspirador”, a ser concedido pela Câmara Municipal a jovens que demonstram talento nos estudos, nas empresas e nas suas comunidades, contribuindo com a melhoria do seu contexto social. A honraria deverá ser concedida em sessão solene a ser realizada por ocasião do Dia Internacional da Juventude, celebrado anualmente em 12 de agosto. Renan Santos (PCdoB) e Luis Santos (Pros) parabenizaram o autor pela iniciativa do projeto.

Também foi aprovado em primeira discussão o Projeto de Lei nº 304/2018, da autoria conjunta dos vereadores Renan Santos (PCdoB) e Hélio Brasileiro (MDB), que obriga os hospitais e maternidades da rede privada de saúde a fornecerem aos pais ou responsáveis de recém-nascidos orientação e treinamento de primeiros-socorros voltados para situações de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita de recém-nascidos. Originalmente o projeto incluía hospitais e maternidades do setor público, mas por ser inconstitucional a redação foi corrigida através de emenda da Comissão de Justiça, que também recomendou a previsão de multas, no caso de descumprimento da norma.

Renan Santos defendeu o projeto na tribuna, observando que se trata de “um projeto simples, mas que pode salvar muitas vidas”. O vereador Hélio Brasileiro, que é médico, também defendeu o projeto de lei, explicando sua importância a partir de seus aspectos técnicos e ressaltando que a iniciativa partiu do vereador Renan Santos (PCdoB), que o convidou a colaborar na elaboração do projeto.

Já o Projeto de Lei nº 326/2018, de autoria do Executivo, que trata dos Fundos de Previdência Municipal foi retirado de pauta pelo líder do Governo, Irineu Toledo (PRB), para aguardar o envio do cálculo atuarial que será encaminhado pela Funserv. A proposta visa contribuir para a redução do déficit previdenciário.

Contas de água

Ao final da sessão, com aprovação do plenário, o munícipe Claudemir Munhoz, em nome da comunidade do Éden, utilizou a tribuna para falar sobre o aumento abusivo nas contas de água, registrado em vários bairros do município.

O vereador João Donizeti (PSDB), que na semana passada intermediou uma reunião dos moradores da Zona Industrial com o Saae, se colocou à disposição do grupo presente no plenário, lembrando que, por iniciativa do vereador Fausto Peres (Podemos), uma comissão deverá ser criada na Casa para acompanhar o problema. O parlamentar também enviou requerimento ao Executivo solicitando a suspensão da cobrança nos casos contestados e também a presença do diretor da autarquia na Câmara para esclarecimentos. “Foi a partir da troca dos hidrômetros que esse problema gravíssimo começou”, disse.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ah, namorados eternos! Maria e Paulo Canineu

Homem morre prensado por caminhão ao tentar que veículo não atingisse casa

Votorantim confirma mais 21 casos de covid-19 

Reunião emergencial: prefeita decide aumentar o patrulhamento da GCM na região do Vitória Régia

Vereadores rejeitam, durante extraordinária, emenda que retirava reajuste para eles

Tiroteio deixa ao menos um morto na rua Atanásio Soares, na Zona Norte