Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Cabeça da Anta gera ‘enxaqueca’ a prefeitura: “a praia não é logo ali”

Postado em: 15/07/2019

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Votorantim publicou uma nota oficial ‘brincando’ com a situação da instalação clandestina de uma placa da lanchonete Cabeça da Anta, em Tapiraí, flagrada em uma avenida da cidade nesta noite de domingo (14).

Segundo a postagem em sua página oficial no Facebook, a prefeitura lamenta: “que pena, a praia não está tão perto assim”. “O Departamento de Trânsito retirou nesta manhã a placa da “Cabeça da Anta” colocada indevidamente por pessoas desconhecidas na avenida Luiz do Patrocino Fernandes. A sinalização apontava que o destino do litoral paulista para os votorantinenses estava a 9 km de distância, mas a Cabeça da Anta fica a 75,5 km daqui. Enquanto a praia não chega, vamos manter as regras e informar corretamente nossos motoristas. Afinal, a semana só está começando”.

A instalação clandestina foi feita entre as avenidas Luiz do Patrocino Fernandes e Philomena Lopes Vasques. O fato chamou a atenção de vários internautas, que postaram e compartilharam fotos da situação nas redes sociais. Na placa, está descrito que a lanchonete está apenas a 9 quilômetros de distância.

width=872
Foto: Luciana Lopez/Gazeta de Votorantim/Colaboração

Às 9h24 a placa foi retirada do local pela Prefeitura de Votorantim, por meio do Departamento de Trânsito.

A parada da Cabeça da Anta fica localizada na SP-79, KM 169, e é conhecida pelos votorantinenses por ser caminho para várias praias paulistas, como as cidades de Ilha Comprida, Peruíbe, Cananéia e Iguape. Também é rota para ir a Curitiba, capital do Paraná.

width=720

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pré-candidata a prefeita, Jaqueline define economia como o maior desafio dos próximos 4 anos

“Roma” leva quatro troféus no Critics´ Choice Awards; Glenn Close e Lady Gaga empatam

Dia Mundial de Luta Contra os Agrotóxicos

Polícia prende 10 pessoas envolvidas com desvios de insumos hospitalares para revenda

Professor de artes marciais para crianças é procurado suspeito de estupro

Congresso cancela sessão que analisaria veto à desoneração da folha