Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Bruno Covas melhora de inflamação no cólon e recebe alta em SP

Arquivo / Agência Brasil
Postado em: 15/05/2020

Compartilhe esta notícia:

Artur Rodrigues, da Folhapress

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta nesta sexta-feira (15), após ser internado devido a uma inflamação no cólon.

De acordo com o Hospital Sírio-Libanês, onde Covas estava internado desde quarta-feira (13), os exames evidenciaram quadro de colite autolimitada (inflamação do intestino com melhora espontânea).

"O prefeito apresentou rápida melhora clínica e, após período de vigilância médica, deixou o hospital hoje", diz nota.

Covas foi hospitalizado porque sentia dores abdominais desde terça (12). Ele foi ao Sírio-Libanês para uma avaliação clínica, que apontou colite, uma inflamação no cólon, parte central do intestino grosso.

Covas, 40, está em tratamento para conter um câncer no sistema digestivo, entre o esôfago e o estômago, descoberto no passado. Ele é acompanhado pelas equipes médicas coordenadas por David Uip, Roberto Kalil Filho, Artur Katz e Tulio Eduardo Flesch Pfiffer.

Apesar dos problemas, o prefeito continua exercendo sua atividade. Em entrevista recente ao jornal Folha de S.Paulo, ele afirmou que as dificuldades enfrentadas por São Paulo na pandemia do novo coronavírus não têm impedido suas sessões de imunoterapia.

"Continuo indo. As oito sessões de quimioterapia fizeram sumir dois dos três tumores. Um permaneceu, mudei o tratamento. Depois de três sessões, fiz uma nova bateria de exames e uma quarta sessão. Ela não tem a rapidez da quimioterapia, mas os médicos ficaram muito contentes com o resultado", afirmou.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Operação Ferro Velho da GCM fiscaliza desmanches na Zona Norte de Sorocaba

Jovem que matou irmão vai para cela comum na mesma prisão de Richthofen

“La Casa de Papel” vai ganhar quarta temporada, afirma criador da série

Justiça manda soltar cabeleireiro preso sem provas desde julho de 2018

GCM detém em flagrante traficante que havia saído da prisão há cinco dias

Governo Bolsonaro acaba com subsídio da Petrobras no gás de cozinha