Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Brasileiros resgatados na China chegam à Base Aérea de Anápolis (GO)

Agência Brasil
Postado em: 09/02/2020

Compartilhe esta notícia:

Agência Brasil

Os 34 brasileiros resgatados na China chegaram à Base Aérea de Anápolis, em Goiás, na manhã deste domingo (9). Eles vieram em dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) enviados ao país asiático na última quarta-feira (5). As aeronaves pousaram às 6h05 e 6h12 vindas de Fortaleza, última escala técnica no trajeto da chamada Operação Regresso.

O resgate foi feito na cidade chinesa de Wuhan, epicentro do surto mundial do coronavírus. As aeronaves também trouxeram quatro poloneses e um chinês que desembarcaram em Varsóvia, na Polônia, um dos locais de escala para abastecimento.

Os repatriados vão permanecer em quarentena por 18 dias, no hotel de trânsito da Base Aérea de Anápolis, que foi especialmente preparado para essa operação. A tripulação –médicos, pilotos, enfermeiros, etc... – que participou do resgate também vai cumprir período de quarentena.

Todos ficarão em apartamentos individuais ou, no caso dos que são pais ou mães de crianças menores, poderão ficar no mesmo quarto. O grupo inclui crianças de 2 e 3 anos e outras de 7 a 12 anos. As visitas estão proibidas.

Os dois aviões da FAB com os resgatados a bordo decolaram de Wuhan, na China, no início da noite de sexta-feira (7). No trajeto para o Brasil, as aeronaves pararam para reabastecimento em Ürumqi (China), Varsóvia (Polônia), Las Palmas (Espanha), e em Fortaleza, já em território brasileiro.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Rodízio de carros para combater coronavírus tirará das ruas metade da frota de SP

Travesti é detida após furtar associação de ajuda a pacientes com câncer em Sorocaba

Filhote de lobo-guará nascida no zoo de Sorocaba completará dois meses de vida em agosto

Polícia Civil resgata dois cachorros em situação de maus-tratos

Desembargador que humilhou guarda foi alvo de 40 apurações, diz TJ-SP

Prefeitura anuncia retorno de 100% da frota de ônibus e Sindicato ataca: ‘Jaqueline está mentindo’