Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Brasil registra 1.039 novas mortes por coronavírus; total passa de 24 mil

Arquivo
Postado em: 26/05/2020

Compartilhe esta notícia:

Natália Cancian, da Folhapress

O Brasil registrou 1.039 novas mortes por coronavírus e 16.324 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta terça (26). O total de óbitos é de 24.512, e de casos confirmados, 391.222.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins (EUA), o Brasil é o segundo país com mais casos da doença. Em números absolutos, fica atrás apenas dos Estados Unidos, que têm 1,6 milhão de casos.

Na segunda (25) foram 807 novas mortes no Brasil e, no fim de semana, 965 no sábado e 653 no domingo –os números costumam ser menores porque as equipes trabalham em esquema de plantão. O recorde diário é da última quinta (21), quando o país anotou 1.188 novas mortes em um só dia.

Em número de mortes, o Brasil é o sexto país mais afetado. Os cinco primeiros países com mais mortes são EUA (98 mil), Reino Unido (37 mil), Itália (32 mil), França (28 mil) e Espanha (27 mil).

Um dos principais modelos utilizados pela Casa Branca para monitorar números sobre o coronavírus atualizou com piora o cenário no Brasil e projeta mais de 125 mil mortes no país até agosto.

No meio de maio, quando o IHME, instituto de métrica da Universidade de Washington, divulgou pela primeira vez dados sobre o Brasil, a previsão era de que 88.305 pessoas morressem por Covid-19 até 4 de agosto no país.

Nesta segunda, porém, após o crescimento vertiginoso de casos e mortes em território brasileiro nas últimas semanas, e o país ter passado a ser o epicentro da pandemia, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o instituto americano também atualizou os números para pior.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

‘Mais difícil que um duplo twist carpado’, diz Covas ao responder à Promotoria sobre viaduto

Não tinha papel, por isso fizemos nota de R$ 200, diz Bolsonaro

Prefeitura retoma atendimentos ao público nesta quarta-feira

Trabalhadores do transporte aprovam proposta de empresas e greve é descartada

Prefeitura diz a sindicato que representa as merendeiras que processos trabalhistas são prioridade

Bolsonaro recria comissão de enfrentamento à violência sexual infantil com funções esvaziadas