Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Bolsonaro admite recuar em proposta de diminuir e fundir ministérios

Postado em: 25/10/2018

Compartilhe esta notícia:

Guilherme Seto, FOLHAPRESS

Em transmissão nas redes sociais nesta quarta-feira (24), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) admitiu a possibilidade de não reduzir e fundir alguns ministérios caso seja eleito. O candidato já prometeu diminuir as atuais 29 pastas para 15 com o objetivo de, segundo ele, desburocratizar e reduzir gastos. Nesta quarta, ele disse que pode manter separados os ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente e que não extinguirá o ministério da Indústria e do Comércio.

“Recebemos a visita de homens da indústria do Brasil falando dos problemas e como eu poderia resolver essas questões deles. Falaram sobre a questão que queriam que o ministério da Indústria e do Comércio continuasse existindo. Vamos atendê-los, se é isso que eles querem, para o bem do Brasil. Sem problema algum”, disse.

“Está havendo certo atrito sobre os ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, se funde ou não. Da minha parte, estou pronto para negociar. Falei para o pessoal do agronegócio que isso era importante [fundir], agora outros estão discordando. Vamos chegar ao meio termo.

E se forem mantidos dois ministérios, vou botar como ministro do Meio Ambiente uma pessoa que não tem vínculo com o que tem de pior aí. Você, produtor, quer tirar uma licença ambiental e isso leva 10 anos, isso se você conseguir. Isso é um crime”, completou.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Bolsonaro e empresários vão ao STF para pressionar pelo fim do isolamento contra coronavírus

Irmão esfaqueia outro durante briga; homem foi socorrido em estado grave

Caixa paga hoje penúltima parcela do auxílio emergencial

TikToker de 19 anos assume namoro com criança de 12 e causa revolta na internet

Deslizamentos em Campos do Jordão deixam quatro mortos

Traficantes são presos com drogas ao serem abordados pela GCM na Zona Norte