Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

BOA NOTÍCIA - Santa Casa de Sorocaba vai fazer parte de estudo de remédio contra a Covid-19

Arquivo
Postado em: 01/07/2020

Compartilhe esta notícia:

A Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba confirmou na tarde desta quarta-feira (1º) que fará parte de um estudo experimental do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovações (MCTI), que busca a inclusão de pacientes com a Covid-19 para participar dos estudos clínicos com o medicamento nitazoxanida. A intenção dos estudos é verificar se o vermífugo consegue inibir a replicação do vírus nos pacientes com a mesma eficácia que teve nos testes com células vivas infectadas. 

De acordo com informações da Santa Casa de Sorocaba, o lançamento oficial do estudo na cidade será na próxima sexta-feira (3), às 9h, no estacionamento do Hospital, com a presença do ministro Marcos Pontes. Segundo a direção do hospital, o estudo referente à medicação será por um período de 30 dias.

"Este momento é muito importante para o nosso hospital, pois foi escolhido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovações, juntamente com outras 4 instituições do Brasil, para a aplicação desta pesquisa", explicou o presidente da Irmandade Santa Casa, padre Flávio Miguel Júnior.

O objetivo da inclusão de Sorocaba é envolver o maior número de voluntários para que o estudo seja concluído o quanto antes. "Se tudo der certo, vamos apresentar ao Brasil e ao mundo este remédio identificado por pesquisadores brasileiros, com recursos do governo federal capaz de combater a multiplicação viral e salvar vidas”, ressaltou o ministro do MCTI, astronauta Marcos Pontes.

O alvo da iniciativa são pessoas com síndrome gripal – febre, fadiga, tosse – ou confirmação da Covid-19 que aceitarem participar voluntariamente do estudo clínico aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep).

“Quem estiver com os sintomas fará o teste diagnóstico RT-PCR e no caso de resultado positivo será acompanhado por 8 dias pela equipe médica, conforme protocolo”, explicou o secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do MCTI, Marcelo Morales.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jovem embriagada é presa após esfaquear homem mais de 20 vezes

Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos

Policial militar é recebida com violência durante confusão em bairro

Casas do Cidadão realizam atendimento on-line

Itália: vírus foi causa direta de 89% das mortes por covid-19

Prefeitura de Itu intervém em clínica de idosos após mortes por coronavírus