Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Biden escolhe latino para ser o novo secretário de Saúde dos EUA

Foto: reprodução/Twitter
Postado em: 07/12/2020

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, escolheu Xavier Becerra, um ex-deputado democrata e atual procurador-geral da Califórnia, para ocupar o cargo de secretário de Saúde e Serviços Humanos em seu governo.


A definição foi divulgada pelo jornal The New York Times neste domingo (6) e encerra uma busca delicada após reclamações sobre a falta de latinos no novo gabinete do democrata.


Se confirmado no cargo, Becerra terá como princial missão lidar com a atual pandemia de coronavírus, que matou mais de 281 mil pessoas nos Estados Unidos.


A escolha foi uma surpresa, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto que conversou com a publicação americana. O novo secretário desenvolveu uma carreira ligada a questões de justiça criminal, imigração e política tributária, e por muito tempo foi considerado um candidato para o cargo de secretário de Justiça, não de Saúde.


Na Califórnia, entretanto, ele liderou os esforços jurídicos na área de saúde, incluindo a tentativa de impedir que o Affordable Care Act, a lei de reforma da saúde do ex-presidente Obama, fosse desmantelada por republicanos. Ele também tem sido uma voz importante no Partido Democrata para a saúde da mulher.
Becerra, que tem 62 anos, cumpriu 12 mandatos no Congresso representando Los Angeles, antes de se tornar o procurador-geral de seu estado natal em 2017. Ele é o primeiro latino a ocupar esse cargo e, durante seu período em Washington, chegoua ser o líder dos congressistas hispânicos.


Nascido em Sacramento (capital da Califórnia), Becerra é filho de mexicanos e é a primeira pessoa da família a se formar na faculdade -além do diploma de direito, também tem um de economia, ambos pelas prestigiada Universidade Stanford.


Enquanto estava no Congresso, ele foi um defensor da comunidade latina e se envolveu profundamente nos esforços para reformar o sistema de imigração do país. Ele ainda ajudou a criar um museu nacional dedicado a explorar a cultura e a história dos latinos-americanos –que foi aprovado neste ano.


Mas foi sob sua liderança que o grupo que representa os congressistas hispânicos perdeu sua filiação bipartidária. No final da década de 1990, Becerra viajou a Cuba e visitou o ditador Fidel Castro, o que enfureceu os membros republicanos do caucus. Eles renunciaram, dizendo que foram "pessoalmente insultados" com a visita.


A escolha de Becerra por Biden ocorre em um momento em que o presidente eleito está sob pressão crescente da comunidade latina para diversificar seu gabinete.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Queiroz pagou R$ 64 mil em dinheiro vivo por internação em hospital de elite em SP

Instrutor de autoescola é preso ao ser flagrado dirigindo bêbado

Black Friday da Magnum Construtora oferece oportunidade de trocar o aluguel pela casa própria

Guedes nega ter encomendado relatório sobre jornalistas e influenciadores

Fiscalização, GCM e VISA fecham três bares em Sorocaba

Sorocaba monitora segundo caso suspeito de Coronavírus