Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Batalha vencida na guerra contra o veneno

Postado em: 04/12/2018

Compartilhe esta notícia:

Por Gabriel Bitencourt

Na noite desta terça-feira, dia 04 de dezembro, foi aprovado por uma comissão especial da Câmara dos deputados o relatório do deputado Nilto Tatto que instituiu a Política Nacional de Redução de Agrotóxicos.

Caminham em direções opostas o chamado “Pacote do Veneno” que visa facilitar e agilizar a aprovação de novos pesticidas e a Política Nacional de Redução de Agrotóxicos que tem por objetivo incentivar a Agroecologia e a produção de orgânicos.

O projeto de lei teve origem no Programa Nacional de Redução de Agrotóxicos (Pronara) que contou om a participação de órgãos do governo e de da sociedade civil, enfrentando, diga-se de passagem, muita resistência dos representantes do latifúndio, em especial do ministério da agricultura, à época, comandado pela senadora Kátia Abreu.

Esta foi uma importante batalha vencida, porém a guerra tem como oponentes o grande latifúndio, que tem um grande peso relativo no Congresso; a ex-ministra da agricultura, Kátia Abreu, o atual, Blairo Maggi, e a próxima, Tereza Cristina, além das grandes corporações produtoras de veneno.

Devemos comemorar, é claro!, a batalha vencida, mas “de olho” na grande guerra que opõe o meio ambiente e nossa saúde aos interesses econômicos e políticos.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

“Justiça foi feita”, declara vice-prefeita após vereadores rejeitarem sua cassação

Prefeitura institui Comissão com objetivo de agilizar processos internos

Garoto atira contra homem em Brigadeiro Tobias por ‘assediar sua namorada’

Bolsonaro fala em "certa histeria" e diz que fará "festinha" de aniversário

Setembro é mais primavera com a 46ª Exposição de Orquídeas de Sorocaba

Bloco e Matinê são opções para as crianças na terça-feira de Carnaval