Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Aumenta número de vítimas que denunciam "motoboy maníaco" por ataque sexual

Foto: reprodução
Postado em: 05/03/2020

Compartilhe esta notícia:

A Delegacia de Defesa da Mulher de Sorocaba registrou, até esta manhã de quinta-feira (5), 13 denúncias de abuso que teriam sido cometidos por Vitor Ortega, 25 anos, motoboy preso na última terça-feira por importunação sexual e estupro. 

 

Conforme a delegada Veraly Ferraz, 12 queixas são por importunação sexual e uma por estupro.
 


A Polícia Civil pede que possíveis vítimas do motoboy preso nesta terça-feira (3) procurem a delegacia para denunciar o suspeito.

 

Ortega confessou oito crimes, mas alegou haver mais vítimas. Ele atacava na Zona Sul, principalmente nas regiões do Campolim e Jardim Pagliato. 

ea910d3df9586b50b65fbbf3dc3608de

 


O "maníaco" trabalha como motoboy de entrega de comidas por meio de aplicativo e usava sua motocicleta para cometer os abusos e atos de obscenidade.


Em um dos casos, ele entra em uma loja e se masturba na frente de algumas mulheres que estão no estabelecimento. Assustadas, as vítimas gritam por socorro. O ataque ocorreu em dezembro do ano passado. 

 


Os abusos sexuais ocorriam também quando o motoboy realizava entregas. 

2f43e6e5-cc39-4c64-80e2-c30c27d882be

 

Na sexta-feira (28) à noite, o suspeito tentou atacar uma mulher no Campolim. A vítima conseguiu escapar, anotou a placa da moto dele e prestou queixa na delegacia. 

 

Em um dos casos houve estupro. A polícia conseguiu identificar o acusado por meio de câmeras de segurança e também por reconhecimento de vítimas que registraram boletim de ocorrência contra ele. 

 

O motoboy foi preso durante a manhã desta terça, na casa da sogra, na Vila Hortência. No momento da prisão, ele dormia com sua esposa. Também foram apreendidos capacetes, roupas e uma mochila que ele usava para fazer entregas de comidas, que possui o nome de um aplicativo de delivery. 

425e32b4-9375-4002-b61e-70d1e6d702d6


O suspeito foi preso por importunação sexual e estupro.


Denúncias podem ser feitas diretamente na Delegacia de Defesa da Mulher, na rua Caracas, nº 846, no Jardim América, em Sorocaba.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mandetta: Sem isolamento, Brasil viveria tragédia de proporções inimagináveis; assista a entrevista

Gracyanne recebe elogio de Schwarzenegger pela boa forma e comemora

Caixa paga nesta sexta-feira auxílio emergencial para 3,3 milhões de pessoas

Em evento, prefeito Rodrigo Manga anuncia criação do Samu Animal

Chega a 10 o número de mortos em tiroteio em escola de Suzano; Doria decreta luto

Polícia detém mulher e apreende 38 máquinas caça-níquel no Centro de Sorocaba