Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Astronauta lança programa de testagem de remédio contra o Coronavírus na Santa Casa

Ascom / MCTIC
Postado em: 03/07/2020

Compartilhe esta notícia:

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) trouxe para Sorocaba (SP) um posto da campanha #500VoluntáriosJÁ. O ministro astronauta Marcos Pontes, o gestor presidente da Santa Casa, Padre Flávio Miguel Júnior, a prefeita da cidade, Jaqueline Coutinho (PSL) e parlamentares locais promoveram a ação nesta sexta-feira (3) para mobilizar voluntários a participar dos testes clínicos com a nitazoxanida, remédio que demonstrou eficácia de 94% no combate à propagação do coronavírus nos testes in vitro.

Cerca de 15 pacientes da UPH Zona Leste com sintomas gripais, ou com confirmação da Covid-19, serão convidados a ser voluntários do experimento, por dia. O objetivo é avaliar se o tratamento com o vermífugo apresenta a mesma eficácia.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde de Sorocaba (SES), o paciente que aceitar ser voluntário fará o teste RT-PCR, que é quando as amostras são coletadas através de cotonetes, chamado de swab, das regiões do nariz e garganta (nasofaringe e orofaringe). Após o resultado do exame, uma equipe entrará em contato e o retorno do paciente será feito no consultório da carreta #500VoluntáriosJÁ, estacionada na área do hospital Santa Casa. Outras carretas foram instaladas em Guarulhos, Barueri e Bauru. A meta é conseguir 500 voluntários para o estudo.

Os voluntários receberão um kit de medicamentos por meio da metodologia “estudo duplo-cego”, que é um ensaio clínico realizado em seres humanos onde nem o examinado (objeto de estudo) nem o examinador sabem o que está sendo utilizado. Ou seja, alguns pacientes receberão a nitazoxanida e outros placebo. Essa prática é comum para estudos como esse.

O ministro Marcos Pontes listou as iniciativas da pasta e entidades vinculadas no combate à pandemia e explicou a estratégia que resultou nos testes com a nitazoxanida, chamada de reposicionamento de fármacos.

“No eixo de ciência, nossa prioridade foi a reposição de medicamentos, a produção de testes diagnósticos, produção de vacinas, o estudo da patogênese e em quinto um acompanhamento de tudo o que está acontecendo para que o Brasil esteja preparado para as próximas pandemias. A reposição de medicamentos é usar um remédio que já foi testado para uma doença e usar para outro problema. Isso é muito mais rápido. Um medicamento desenvolvido do zero leva 10 anos, e a gente não tem esse tempo”, citou.

Já a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, ressaltou o papel da Santa Casa no tratamento dos pacientes de Covid-19 na cidade, assim como as ações tomadas pelo município e governo federal no enfrentamento da doença.

“Hoje, o Brasil e o mundo passam por um momento de grave crise, com consequências na saúde, economia e sociedade. Nós só conseguiremos vencer com ações como essa do MCTI. É a ciência de que, mais do que nunca, o Brasil precisa para dar suporte às ações de combate ao coronavírus. Em Sorocaba, nós ampliamos as testagens, leitos e UTIs. O governo federal está fazendo sua parte, assim como Sorocaba também está fazendo sua lição de casa”, detalhou.

Nitaxozanida

Utilizando inteligência artificial em testes com 2 mil fármacos, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social vinculada ao MCTI, identificou cinco remédios com potencial para combater a replicação do novo coronavírus. Um deles, a nitazoxanida, reduziu em 94% a carga viral em células infectadas in vitro.

Em seguida, com aprovação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), o ministério deu início a dois protocolos de testes com o medicamento. O primeiro é direcionado para pacientes com sintomas de pneumonia, e hoje tem cerca de 200 participantes em 21 hospitais em todo o país. O segundo protocolo é voltado a pessoas com sintomas iniciais de gripe. Com a participação de 500 voluntários os pesquisadores poderão publicar os resultados dos estudos e determinar a eficácia da nitaxozanida no tratamento da Covid-19.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Polícia Militar prende homem que tentava desmontar veículo roubado em Sorocaba

Cão segue ambulância por mais de 2 km após tutor ser levado para hospital

Eleições em Sorocaba - veja a coluna semanal de Vanderlei Testa

Prefeitura de Sorocaba recebeu 101 projetos inscritos na Linc 2018

Em luto por morte de elefante Haisa, Zoo Quinzinho de Barros não abre nesta 5ª

Justiça determina que Crespo e mais 17 indiciados na Casa de Papel não podem deixar o país; eles têm cinco dias para apresentar defesa