Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Astronauta lança programa de testagem de remédio contra o Coronavírus na Santa Casa

Ascom / MCTIC
Postado em: 03/07/2020

Compartilhe esta notícia:

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) trouxe para Sorocaba (SP) um posto da campanha #500VoluntáriosJÁ. O ministro astronauta Marcos Pontes, o gestor presidente da Santa Casa, Padre Flávio Miguel Júnior, a prefeita da cidade, Jaqueline Coutinho (PSL) e parlamentares locais promoveram a ação nesta sexta-feira (3) para mobilizar voluntários a participar dos testes clínicos com a nitazoxanida, remédio que demonstrou eficácia de 94% no combate à propagação do coronavírus nos testes in vitro.

Cerca de 15 pacientes da UPH Zona Leste com sintomas gripais, ou com confirmação da Covid-19, serão convidados a ser voluntários do experimento, por dia. O objetivo é avaliar se o tratamento com o vermífugo apresenta a mesma eficácia.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde de Sorocaba (SES), o paciente que aceitar ser voluntário fará o teste RT-PCR, que é quando as amostras são coletadas através de cotonetes, chamado de swab, das regiões do nariz e garganta (nasofaringe e orofaringe). Após o resultado do exame, uma equipe entrará em contato e o retorno do paciente será feito no consultório da carreta #500VoluntáriosJÁ, estacionada na área do hospital Santa Casa. Outras carretas foram instaladas em Guarulhos, Barueri e Bauru. A meta é conseguir 500 voluntários para o estudo.

Os voluntários receberão um kit de medicamentos por meio da metodologia “estudo duplo-cego”, que é um ensaio clínico realizado em seres humanos onde nem o examinado (objeto de estudo) nem o examinador sabem o que está sendo utilizado. Ou seja, alguns pacientes receberão a nitazoxanida e outros placebo. Essa prática é comum para estudos como esse.

O ministro Marcos Pontes listou as iniciativas da pasta e entidades vinculadas no combate à pandemia e explicou a estratégia que resultou nos testes com a nitazoxanida, chamada de reposicionamento de fármacos.

“No eixo de ciência, nossa prioridade foi a reposição de medicamentos, a produção de testes diagnósticos, produção de vacinas, o estudo da patogênese e em quinto um acompanhamento de tudo o que está acontecendo para que o Brasil esteja preparado para as próximas pandemias. A reposição de medicamentos é usar um remédio que já foi testado para uma doença e usar para outro problema. Isso é muito mais rápido. Um medicamento desenvolvido do zero leva 10 anos, e a gente não tem esse tempo”, citou.

Já a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, ressaltou o papel da Santa Casa no tratamento dos pacientes de Covid-19 na cidade, assim como as ações tomadas pelo município e governo federal no enfrentamento da doença.

“Hoje, o Brasil e o mundo passam por um momento de grave crise, com consequências na saúde, economia e sociedade. Nós só conseguiremos vencer com ações como essa do MCTI. É a ciência de que, mais do que nunca, o Brasil precisa para dar suporte às ações de combate ao coronavírus. Em Sorocaba, nós ampliamos as testagens, leitos e UTIs. O governo federal está fazendo sua parte, assim como Sorocaba também está fazendo sua lição de casa”, detalhou.

Nitaxozanida

Utilizando inteligência artificial em testes com 2 mil fármacos, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social vinculada ao MCTI, identificou cinco remédios com potencial para combater a replicação do novo coronavírus. Um deles, a nitazoxanida, reduziu em 94% a carga viral em células infectadas in vitro.

Em seguida, com aprovação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), o ministério deu início a dois protocolos de testes com o medicamento. O primeiro é direcionado para pacientes com sintomas de pneumonia, e hoje tem cerca de 200 participantes em 21 hospitais em todo o país. O segundo protocolo é voltado a pessoas com sintomas iniciais de gripe. Com a participação de 500 voluntários os pesquisadores poderão publicar os resultados dos estudos e determinar a eficácia da nitaxozanida no tratamento da Covid-19.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Tarifas do transporte intermunicipal terão aumento a partir de domingo

A Arca de Noé e a Arca de Sorocaba

UPA do Éden oferece comprimidos antirretrovirais a quem se expôs ao HIV

SUSTO - Motorista derruba bomba de combustíveis em cima de frentista; assista o vídeo

Ministério repassa verba à alfabetização, mas depois diz a escolas não usarem

Moto furtada em Porto Feliz é recuperada pela Guarda Civil no Carandá