Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

“Assessor da Coxinha” e secretários são convocados pela CPI dos “voluntários”

Postado em: 12/03/2019

Compartilhe esta notícia:

Os vereadores de Sorocaba já definiram os primeiros convocados para as oitivas da CPI do Falso Voluntariado, apelidada nos corredores do Legislativo sorocabano de CPI da Taty Polis. O chefe de Gabinete, Carlos Mendonça, e os secretários de Comunicação e Eventos, Eloy de Oliveira, e de Cidadania e Participação Popular, Suélei Gonçalves, serão convocados nesta quarta-feira (13) e devem ser sabatinados pelos parlamentares já na próxima terça-feira (19), após a sessão ordinária.

A convocação dos secretários ocorre logo após a CPI deliberar sobre o pedido de documentos sobre todos os voluntários da Prefeitura de Sorocaba, como o IPA Online divulgou mais cedo. O trio de secretários (o cargo de Chefe de Gabinete tem status e salário de Secretário Municipal, segundo o organograma da Prefeitura) estaria, segundo denúncias que chegaram até a CPI, envolvido com o trabalho da voluntária Tatiane Pólis, ex-assessora da Prefeitura que teria prestado serviços voluntários de forma irregular para o governo do prefeito José Crespo.

Segundo fontes da Prefeitura, na última semana Mendonça teria passado a coordenar o contrato milionário com a agência de Publicidade DGentil, contratada pela Prefeitura após conturbada licitação em 2018, conduzida pela Secretaria de Comunicação e Eventos. O contrato de R$ 20 milhões era administrado pelo Secretário Eloy de Oliveira, até então. Porém, após a divulgação pelo IPA Online e pela TV TEM do escândalo do trabalho voluntário de Tatiane Polis, o contrato teria mudado de mãos.

A CPI também investigará essa relação relativa à publicidade oficial, em virtude do termo de voluntariado de Tatiane Polis, apresentado há 15 dias pelo prefeito José Crespo, constatar como atividades da ex-assessora ações nas áreas de Gestão Comercial, Marketing e Comunicação, funções da Secretaria de Comunicação e Eventos. Esse tipo de atividades, como o IPA Online divulgou com exclusividade, contrariam a Lei Federal que rege o serviço voluntário, a Lei Municipal que trata do tema e até um decreto municipal assinado pelo próprio prefeito José Crespo, que regulamenta o voluntariado na cidade.

O prefeito, porém, revogou seu próprio decreto na edição desta segunda-feira (11) do Jornal Município de Sorocaba, após publicação de errata da revogação original, com o número correto do decreto. O ato, porém, não torna a situação da ex-voluntária legal, pois a regulamentação que passa a valer, de 2005, também apresenta exigências que não são cumpridas no documento.

As vereadoras Iara Bernardi (PT) e Fernanda Garcia (PSOL), serão as entrevistadas do Jornal da Ipanema, na IPA FM, nesta quarta-feira (13). Elas vão revelar como serão os trabalhos da CPI e os primeiros passos da investigação.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

STF valida perdão a condenados por corrupção

Homem flagrado em carro roubado morre durante troca de tiros com a polícia

Aluna de 16 anos é flagrada com faca em escola de Votorantim

Bolsonaro diz que RS pode virar Roraima se ‘esquerdalha’ vencer na Argentina

Iara trata com delegado sobre depoimentos nas investigações do Falso Voluntariado

GCM detém homem por tentativa de furto de cobre no “Clube do Idoso”