Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Após lesão em amistoso da seleção, Neymar é cortado da Copa América

Postado em: 06/06/2019

Compartilhe esta notícia:

MARCOS GUEDES – FOLHAPRESS

A CBF anunciou o corte de Neymar, 27, da seleção brasileira. O jogador torceu o tornozelo direito na vitória por 2 a 0 da equipe sobre o Qatar, na noite de quarta-feira (5), em Brasília, e, de acordo com a confederação, não teria condições de se recuperar a tempo de disputar a Copa América, que será aberta no dia 14.

A lesão ocorreu no início da partida. Depois de ser avaliado pelo médico da seleção, Rodrigo Lasmar, ainda no estádio Mané Garrincha, ele foi encaminhado ao Hospital Home. Lá, informou a CBF já na madrugada de quinta, foi submetido a exames de imagem que “confirmaram a ruptura ligamentar no tornozelo”.

Não foi definido o nome de um substituto para o camisa 10. Tite chegou a ser questionado sobre o assunto na entrevista concedida após o jogo, mas se recusou a especular nesse sentido e mostrou otimismo na recuperação de seu principal atleta. “A gente vai contar com ele, tenho certeza. Mas é mais torcida do que diagnóstico”, afirmou.

O corte se dá na mesma noite em que foi ao ar uma entrevista de Najila Trindade Mendes de Souza, a mulher que acusa o jogador de estupro. Ao SBT, ela deu detalhes sobre o suposto crime, que teria ocorrido em 15 de maio, em Paris. Além da investigação em torno disso, há um inquérito que apura se Neymar cometeu crime de informática ao divulgar fotos íntimas da mulher em sua defesa.

O inquérito do suposto crime de informática corre no Rio de Janeiro e tem depoimento do jogador marcado. A Delegacia de Repressão a Crimes de Informática da Polícia Civil do Rio de Janeiro agendou para sexta-feira (7) o testemunho do jogador.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Jaqueline terá reunião com secretários de Crespo para definir o futuro governo

Ações da Natura disparam enquanto comercial com Tammy causa polêmica

Polícia Federal aumenta número de agentes à disposição de presidenciáveis

Secretaria da Saúde realizou reunião emergencial com médicos cubanos

Atordoado, Bolsonaro tenta reagir no momento mais frágil do seu mandato

Governo monitora 150 pessoas que tiveram contato com sorocabano morto em decorrência de febre hemorrágica