Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Alckmin intensifica críticas a Bolsonaro e é derrubado por crianças em creche

Postado em: 17/09/2018

Compartilhe esta notícia:

Daniel Carvalho, FOLHAPRESS

Candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin centrou seus discursos ao longo desta segunda-feira (17) em seu principal adversário, Jair Bolsonaro (PSL).

Depois de visitar a sede do Unicef no Brasil e se reunir com embaixadores de diversos países, Alckmin foi a uma empresa de reciclagem na periferia de Brasília e conheceu uma creche vizinha, onde acabou sendo derrubado por crianças.

“Não vamos resolver o problema do desemprego na bala. Não vamos colocar as crianças nas creches, atender as mamães e as famílias na bala. Não vamos criar vagas nos hospitais, atendimento a quem precisa na bala. Não será dessa forma”, afirmou Alckmin a recicladores e militantes na Cidade Estrutural, a 16 km do centro de Brasília.

Colocando em prática a estratégia de defender o voto útil, criticou também Fernando Haddad (PT). “É um grande risco para o Brasil ficar no segundo turno PT e Bolsonaro, temos que evitar que isso ocorra”, afirmou.

“Você não tem definição ainda de voto. O que tem é algumas pessoas votando no Bolsonaro para derrotar o PT e esse pode ser o contrário: pode ser o passaporte para PT voltar ao governo, porque no segundo turno o Bolsonaro terá grande dificuldade para enfrentar o PT e qualquer outro candidato. É uma candidatura muito estreita. O risco é que você pode estar votando num para eleger o outro.”

Após o encontro com os recicladores, Alckmin faria uma caminhada, mas foi impedido pela forte chuva em pleno período de seca na capital federal.

De carro, foi até uma creche comunitária a poucos metros da empresa onde havia discursado. O espaço era pequeno e estava molhado por causa de uma cachoeira que se formou com a água da chuva.

O candidato entrou numa pequena sala onde havia crianças de até 5 anos. O tumulto de apoiadores, assessores, fotógrafos e cinegrafistas assustou algumas delas que choraram no colo de voluntárias que trabalham na creche.

Alckmin pegou um menino no colo e foi cercado por outras crianças. Na confusão, caiu de joelhos no chão, sem deixar o garoto cair.

De lá, Alckmin parou em uma padaria para tomar café com um candidato a senador.
No Distrito Federal, Alckmin não tem candidato ao governo o apoiando. Fraga (DEM) é apoiador de Bolsonaro.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Não tenho nada a ver com isso, diz Bolsonaro sobre suspeitas contra filho Flávio

Após mais de 6 h, bombeiros controlam incêndio no Museu Nacional no Rio

Mães e professores aprovados em concurso se unem em protesto na Câmara

Guarda Municipal detém três pessoas com drogas na rodoviária de Sorocaba

Capitão Derrite ‘detona’ Lei do Abuso da Autoridade: “é uma retaliação à Lava Jato”

Procurado por homicídio em Minas Gerais é detido pela GCM em Sorocaba