Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Ação nos cemitérios recolhe mais de 1,5 tonelada de criadouros do mosquito Aedes aegypti

Postado em: 06/11/2019

Compartilhe esta notícia:

A Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES), por meio da Divisão de Zoonoses, encerrou nesta terça-feira (5) a força-tarefa, pós-finados, para eliminar os focos da dengue nos seis cemitérios da cidade. A ação removeu 1.690kg de criadouros do mosquito Aedes aegypti.

De acordo com a SES, os trabalhos iniciaram na manhã da última segunda-feira (4), atuando de uma vez só nos cemitérios Saudade; Aparecida; Consolação; Santo Antônio, Memorial Park e Pax. A força-tarefa teve o apoio da Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras (Serpo).

Durante a ação foram removidos pratos de vasos de plantas; vasos com água; papel celofane e outros mais resistentes, e quaisquer recipientes que acumulassem água. A retirada dos criadouros visa combater a proliferação do mosquito na cidade e, consequentemente, da transmissão de doenças como dengue, chikungunya, zika e febre amarela urbana.

Sorocaba registrou até o momento 1.062 casos de dengue. Também foram confirmados 87 casos de chikungunya. Sorocaba não tem casos de zika e apenas uma confirmação importada de febre amarela.

A Secretaria de Saúde informa que denúncias de criadouros do Aedes aegypti devem ser feitas por meio do canal 156 ou pelo site da Prefeitura: http://www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/#/Home/Solicitacao ou ainda em uma das Casas do Cidadão.

Também é possível registrar a ocorrência pelo WhatsApp da Ouvidoria Geral do Município pelo número (15) 99129-2426, das 8h às 17h. Em seguida, uma equipe técnica vai ao local e faz a inspeção da área para tomar as devidas providências.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Com slogan ‘$aque certo’, governo anuncia liberação do FGTS

O teatro que se tornou livro – Cálculo Ilógico - de Jessica Menkel; acompanhe a coluna semanal de José Simões

PMs ajudam gestante em trabalho de parto dentro de carro na avenida Itavuvu

Alckmin defende na Ipa FM votação de reformas para economia crescer

Lei proíbe copos e talheres de plástico na capital paulista; legislação entra em vigor em 2021

Governo recebeu denúncias de incêndios criminosos, diz porta-voz de Bolsonaro