Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

2º ‘Dia D’ de combate ao mosquito Aedes aegypti tem mobilização em vários bairros

Postado em: 27/04/2019

Compartilhe esta notícia:

Com a ajuda de mais de 300 servidores das 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e da Zoonoses, a Secretaria da Saúde (SES) realizou o 2º ‘Dia D’ de combate ao mosquito Aedes aegypti, inseto responsável pela transmissão da dengue, chikungunya, zica e febre amarela urbana. O evento aconteceu neste sábado (27) das 9h às 13h.

A partir das 8h, equipes de servidores da Saúde se concentraram em cada UBS de Sorocaba. Com um roteiro organizado, funcionários realizaram visitas casa a casa para orientar a população sobre como combater o mosquito. Em cada abordagem, moradores recebiam panfletos informativos. Cerca de 50 mil impressos foram providenciados para esta ação.

Na UBS Nova Sorocaba, a equipe agiu com a ajuda da Divisão de Zoonoses através de um veículo que levava os servidores para as ruas que tiveram confirmação ou suspeita de casos de dengue. O coordenador da unidade, Fábio Michel Santiago, conta que a ação foi muito positiva e obteve adesão da população. “Além da orientação, nosso objetivo foi também conscientizar e sensibilizar a população. Às vezes moradores negam nossa entrada e isso prejudica o trabalho em prol da saúde pública da cidade”, relata. Na unidade do Aparecidinha, a equipe contou com uma importante ajuda, um carro de som alertando toda a população sobre a ação.

Nos bairros Nova Sorocaba e Parque São Bento por conta da aglomeração de casos e grande quantidade de criadouros, houve o trabalho de ‘arrastão’. Este trabalho foi realizado através de dois caminhões com agentes que coletam e removem recipientes de criadouros com larvas pelos bairros.

A dona de lar e moradora da Vila Nova Sorocaba, Maria José da Silva, aprovou a iniciativa da Prefeitura de Sorocaba. “Foi muito bom receber a visita técnica para fiscalizar minha casa. Eu peguei dengue no ano de 2015 e por conta disso, todos os dias vistorio meu quintal”, conta.

A veterinária e chefe da Divisão de Zoonoses, Thais Buti, ressalta que até o momento, Sorocaba registrou 350 casos de dengue e vive um momento epidêmico. “Já prevíamos esta atual situação e em virtude disso, intensificamos nossos trabalhos desde outubro de 2018 para evitar agravos em nossa cidade. Além disso, equipes da Zoonoses trabalham de segunda a sábado e ainda contam com a ajuda das unidades de Saúde”, destaca.

A secretária da Saúde, Marina Elaine Pereira, pede a colaboração da população. “Temos realizado inúmeros esforços para melhorar a saúde pública de Sorocaba. Para combater o mosquito, precisamos que a população nos ajude e se sensibilize. Todos os trabalhos estão sendo feitos pelo poder público”.

De acordo com a SES, nos próximos dias haverá a divulgação de um balanço sobre o 2º ‘Dia D’ com números de casas visitadas e quantidade de criadouros retirados.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Manutenção em rede de esgoto interdita rua no Parque das Laranjeiras nesta sexta-feira

Prefeitura de São Paulo inicia testes para reerguer viaduto da Pinheiros

General Mourão defende 35 anos de contribuição para previdência de militares

Governo de SP considera ter respaldo para reabrir escolas, mas avalia estratégia para conter pânico

Mais de 2 mil pessoas participam de manifestação por Moro e Lava Jato

Homem é preso por ter arma ilegal ‘para defender a família’ em Sorocaba