Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

2º ‘Dia D’ de combate ao mosquito Aedes aegypti tem mobilização em vários bairros

Postado em: 27/04/2019

Compartilhe esta notícia:

Com a ajuda de mais de 300 servidores das 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e da Zoonoses, a Secretaria da Saúde (SES) realizou o 2º ‘Dia D’ de combate ao mosquito Aedes aegypti, inseto responsável pela transmissão da dengue, chikungunya, zica e febre amarela urbana. O evento aconteceu neste sábado (27) das 9h às 13h.

A partir das 8h, equipes de servidores da Saúde se concentraram em cada UBS de Sorocaba. Com um roteiro organizado, funcionários realizaram visitas casa a casa para orientar a população sobre como combater o mosquito. Em cada abordagem, moradores recebiam panfletos informativos. Cerca de 50 mil impressos foram providenciados para esta ação.

Na UBS Nova Sorocaba, a equipe agiu com a ajuda da Divisão de Zoonoses através de um veículo que levava os servidores para as ruas que tiveram confirmação ou suspeita de casos de dengue. O coordenador da unidade, Fábio Michel Santiago, conta que a ação foi muito positiva e obteve adesão da população. “Além da orientação, nosso objetivo foi também conscientizar e sensibilizar a população. Às vezes moradores negam nossa entrada e isso prejudica o trabalho em prol da saúde pública da cidade”, relata. Na unidade do Aparecidinha, a equipe contou com uma importante ajuda, um carro de som alertando toda a população sobre a ação.

Nos bairros Nova Sorocaba e Parque São Bento por conta da aglomeração de casos e grande quantidade de criadouros, houve o trabalho de ‘arrastão’. Este trabalho foi realizado através de dois caminhões com agentes que coletam e removem recipientes de criadouros com larvas pelos bairros.

A dona de lar e moradora da Vila Nova Sorocaba, Maria José da Silva, aprovou a iniciativa da Prefeitura de Sorocaba. “Foi muito bom receber a visita técnica para fiscalizar minha casa. Eu peguei dengue no ano de 2015 e por conta disso, todos os dias vistorio meu quintal”, conta.

A veterinária e chefe da Divisão de Zoonoses, Thais Buti, ressalta que até o momento, Sorocaba registrou 350 casos de dengue e vive um momento epidêmico. “Já prevíamos esta atual situação e em virtude disso, intensificamos nossos trabalhos desde outubro de 2018 para evitar agravos em nossa cidade. Além disso, equipes da Zoonoses trabalham de segunda a sábado e ainda contam com a ajuda das unidades de Saúde”, destaca.

A secretária da Saúde, Marina Elaine Pereira, pede a colaboração da população. “Temos realizado inúmeros esforços para melhorar a saúde pública de Sorocaba. Para combater o mosquito, precisamos que a população nos ajude e se sensibilize. Todos os trabalhos estão sendo feitos pelo poder público”.

De acordo com a SES, nos próximos dias haverá a divulgação de um balanço sobre o 2º ‘Dia D’ com números de casas visitadas e quantidade de criadouros retirados.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Médica é a primeira pessoa a receber vacina contra a Covid-19 em SP: ‘Injeção de ânimo’

Em SP, apoiadores de Bolsonaro atacam Congresso e chamam coronavírus de "mentira"

Homem briga com cunhado e mata cachorro com golpes de machado

Governo admite que publicou assinatura de Moro na exoneração de Valeixo sem autorização

Lilian Bertin lança “A Hora Extraordinária” para incentivar a busca pelos sonhos

Pacientes com câncer fizeram “vaquinha” para voltar a Sorocaba; Prefeitura nega