Por Rubens Maximiano

A estreia mundial oficial do T-Cross acontecerá no segundo semestre deste ano. No Brasil, durante o Salão do Automóvel. Enquanto não chega, a Volkswagen revela os primeiros detalhes deste SUV, que está quase pronto para a produção em série. Modelo chega em outubro, durante o Salão do Automóvel de São Paulo. Versão de entrada deve ficar em torno de R$ 80 mil.

Com o novo modelo, a Volkswagen irá expandir a gama de SUVs da marca no país, juntando-se aos sofisticados Tiguan e Touareg.

O T-Cross mantém o design padrão atual da VW, onde todos os modelos são muito parecidos. Destaque para a dianteira mais alta com uma grade ampla e faróis em LED integrados.

Claramente o modelo tem cintura elevada, a começar pela tampa do compartimento do motor.

Sempre com tração dianteira, o novo SUV será produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR).

Modelo brasileiro será maior que o europeu

O T Cross terá 4.192 mm de comprimento e 1.568 mm de altura (10 mm mais alto que o T-Cross europeu). A distância entre eixos do modelo que será produzido no Brasil é a maior do segmento: 2.649 mm (86 mm a mais do que a distância entre-eixos do T-Cross europeu).

Para se ter uma idéia, o T Cross nacional será maior do que o Novo Polo. Nas versões topo de gama receberá rodas de 17 polegadas.

A capacidade do porta-malas fica em (390 litros). Típica de um SUV é a posição elevada dos assentos no T-Cross. O ângulo de visão elevado é obtido graças a uma maior altura livre do solo.

Duas opções de motores: 1.0 e 1.4 com turbo e injeção direta de combustível.

O motor 1.0 TSI Total Flex atinge uma potência de até 128 cv com etanol. Já o 1.4 TSI Total Flex gera uma potência de até 150 cv, também com etanol.

Em relação ao interior a VW ainda não deu muitos detalhes, mas certamente o T-Cross inclui um sistema de Infotainment com tela touchscreen.

Assim como nos modelos apresentados recentemente, o T Cross oferecerá o cockpit digital “Active Info Display” (painel de instrumentos). Haverá quatro entradas USB (duas na frente, duas atrás).

A propósito, a música do smartphone ou dos serviços de streaming pode ser reproduzida pelo sistema de som “Beats”, com sete alto-falantes e qualidade de som premium.

Generoso pacote de segurança

O T-Cross chega com seis airbags e sensores dianteiro e traseiro para estacionamento. Destaque para o sistema “Park Assist 3.0”, que permite o estacionamento autônomo em vagas paralelas e transversais.

Entre os outros equipamentos de assistência estão o sistema de “Frenagem Automática Pós-Colisão” (aciona automaticamente os freios do veículo em caso de acidente) e o “Detector de fadiga” (detecta a perda de concentração do motorista e o sistema recomenda uma pausa para descanso). Além disso, o T-Cross poderá ser equipado com o “Seletor do perfil de condução”, para o motorista ajustar a experiência de direção entre os modos normal, ecológico, esportivo ou individual.

Uma dúzia de novos SUVs entre 2016 e 2020

Com o novo T-Cross, a Volkswagen reforça sua campanha mundial de produtos SUV, iniciada em 2016 com o atual Tiguan. Em 2017, na Europa, vieram o Tiguan Allspace, com até sete assentos, e o T-Roc, mais compacto. Paralelamente, a Volkswagen lançou no mercado em 2017, no segmento acima, o Atlas, desenvolvido para os Estados Unidos, e o Teramont, seu correlato chinês – ambos com sete assentos.

O ano de 2018 começou novamente com um verdadeiro show de SUVs: em Nova York, a Volkswagen of America apresentou dois protótipos do Atlas: o Cross Sport (cinco assentos, próximo da versão de série) e o Tanoak (picape).

Já na China, a Volkswagen mostrou no mesmo mês, em estreia mundial, o novo Touareg – o SUV topo de linha da marca. No contexto da estreia do Touareg, a empresa também apresentou em Pequim dois futuros SUVs para a China: o Powerful Family SUV (protótipo de um veículo versátil concebido para famílias) e o Advanced Midsize SUV (equivalente do protótipo Atlas Cross Sport).

O futuro mais distante também já revela fatos muito concretos: em 2020, chegará ao mercado europeu o primeiro SUV totalmente elétrico da Volkswagen: o I.D. CROZZ. Com a gama do T-Cross até o I.D. CROZZ, a Volkswagen oferecerá um dos maiores catálogos de SUV do mundo, cobrindo quase todos os segmentos.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.