Por Rubens Maximiano

A estreia mundial oficial do T-Cross acontecerá no segundo semestre deste ano. No Brasil, durante o Salão do Automóvel. Enquanto não chega, a Volkswagen revela os primeiros detalhes deste SUV, que está quase pronto para a produção em série. Modelo chega em outubro, durante o Salão do Automóvel de São Paulo. Versão de entrada deve ficar em torno de R$ 80 mil.

Com o novo modelo, a Volkswagen irá expandir a gama de SUVs da marca no país, juntando-se aos sofisticados Tiguan e Touareg.

O T-Cross mantém o design padrão atual da VW, onde todos os modelos são muito parecidos. Destaque para a dianteira mais alta com uma grade ampla e faróis em LED integrados.

Claramente o modelo tem cintura elevada, a começar pela tampa do compartimento do motor.

Sempre com tração dianteira, o novo SUV será produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR).

Modelo brasileiro será maior que o europeu

O T Cross terá 4.192 mm de comprimento e 1.568 mm de altura (10 mm mais alto que o T-Cross europeu). A distância entre eixos do modelo que será produzido no Brasil é a maior do segmento: 2.649 mm (86 mm a mais do que a distância entre-eixos do T-Cross europeu).

Para se ter uma idéia, o T Cross nacional será maior do que o Novo Polo. Nas versões topo de gama receberá rodas de 17 polegadas.

A capacidade do porta-malas fica em (390 litros). Típica de um SUV é a posição elevada dos assentos no T-Cross. O ângulo de visão elevado é obtido graças a uma maior altura livre do solo.

Duas opções de motores: 1.0 e 1.4 com turbo e injeção direta de combustível.

O motor 1.0 TSI Total Flex atinge uma potência de até 128 cv com etanol. Já o 1.4 TSI Total Flex gera uma potência de até 150 cv, também com etanol.

Em relação ao interior a VW ainda não deu muitos detalhes, mas certamente o T-Cross inclui um sistema de Infotainment com tela touchscreen.

Assim como nos modelos apresentados recentemente, o T Cross oferecerá o cockpit digital “Active Info Display” (painel de instrumentos). Haverá quatro entradas USB (duas na frente, duas atrás).

A propósito, a música do smartphone ou dos serviços de streaming pode ser reproduzida pelo sistema de som “Beats”, com sete alto-falantes e qualidade de som premium.

Generoso pacote de segurança

O T-Cross chega com seis airbags e sensores dianteiro e traseiro para estacionamento. Destaque para o sistema “Park Assist 3.0”, que permite o estacionamento autônomo em vagas paralelas e transversais.

Entre os outros equipamentos de assistência estão o sistema de “Frenagem Automática Pós-Colisão” (aciona automaticamente os freios do veículo em caso de acidente) e o “Detector de fadiga” (detecta a perda de concentração do motorista e o sistema recomenda uma pausa para descanso). Além disso, o T-Cross poderá ser equipado com o “Seletor do perfil de condução”, para o motorista ajustar a experiência de direção entre os modos normal, ecológico, esportivo ou individual.

Uma dúzia de novos SUVs entre 2016 e 2020

Com o novo T-Cross, a Volkswagen reforça sua campanha mundial de produtos SUV, iniciada em 2016 com o atual Tiguan. Em 2017, na Europa, vieram o Tiguan Allspace, com até sete assentos, e o T-Roc, mais compacto. Paralelamente, a Volkswagen lançou no mercado em 2017, no segmento acima, o Atlas, desenvolvido para os Estados Unidos, e o Teramont, seu correlato chinês – ambos com sete assentos.

O ano de 2018 começou novamente com um verdadeiro show de SUVs: em Nova York, a Volkswagen of America apresentou dois protótipos do Atlas: o Cross Sport (cinco assentos, próximo da versão de série) e o Tanoak (picape).

Já na China, a Volkswagen mostrou no mesmo mês, em estreia mundial, o novo Touareg – o SUV topo de linha da marca. No contexto da estreia do Touareg, a empresa também apresentou em Pequim dois futuros SUVs para a China: o Powerful Family SUV (protótipo de um veículo versátil concebido para famílias) e o Advanced Midsize SUV (equivalente do protótipo Atlas Cross Sport).

O futuro mais distante também já revela fatos muito concretos: em 2020, chegará ao mercado europeu o primeiro SUV totalmente elétrico da Volkswagen: o I.D. CROZZ. Com a gama do T-Cross até o I.D. CROZZ, a Volkswagen oferecerá um dos maiores catálogos de SUV do mundo, cobrindo quase todos os segmentos.