Por Rubens Maximiano

A Bidu, plataforma online de recomendação, comparação e contratação de seguros e serviços financeiros, realizou um levantamento com o valor dos seguros para as versões de entrada dos dez veículos mais vendidos em junho, de acordo com os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Ouça a reportagem de Rubens Maximiano

O Relatório Bidu analisa o preço médio mensal do seguro em cinco capitais brasileiras (Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo) e compara o perfil de homens e mulheres de 35 anos, casados, sem filhos, com garagem em casa e no trabalho, e que estão contratando o seguro pela primeira vez.

Ao contrário do que aconteceu nos levantamentos de maio e abril, em que as mulheres tiveram o preço do seguro, em média, mais barato do que os homens, as projeções atuais apontam uma equiparação nos valores. Em São Paulo, Belo Horizonte e Brasília, por exemplo, as motoristas do perfil feminino gastam em média R$157 a mais que o perfil masculino no seguro cotado no mês de julho. As brasilienses chegam a desembolsar um valor R$227 superior em relação aos motoristas homens, seguidas pelas condutoras paulistanas com R$168.

Já no Rio de Janeiro, na contramão da tendência apresentada nas outras grandes cidades, o preço médio do seguro feminino está mais barato que o masculino, com uma retração de 53%, a qual equivale à uma diferença de R$2584, em média, sendo R$3.533 e R$6117, respectivamente.

Modelo Mais Vendido

De acordo com o relatório da Fenabrave, em junho foram emplacados 163.517 automóveis – uma queda de 0.55% em comparação com o mês anterior, quando foram vendidas 164.415 unidades. No comparativo com maio, sete modelos se repetem no ranking dos 10 mais vendidos, entre eles, assim como em todos os meses do primeiro semestre, o Chevrolet Onix continua a ser o carro mais emplacado no País, com 16.218 emplacamentos. O preço médio do seguro para o modelo de entrada custa R$4.277, um acréscimo de mais de 70% em relação a cotação do mês anterior.

Em junho, o Renault Kwid volta novamente ao ranking, ocupando o 8º lugar, com 5.004 unidades vendidas. Comparado com abril, o último mês em que figurou entre os 10 mais emplacados, o preço médio do seguro teve um aumento de aproximadamente 59% para o perfil masculino e quase 24% para o feminino.

O Melhor Custo-Benefício

Ao avaliar a relação do preço médio do seguro e o valor de mercado do veículo (price ratio), o campeão de custo-benefício é o Renault Sandero para o perfil feminino, representando 4,6% do valor do veículo, enquanto para o perfil masculino, o destaque fica com o Volkswagen Polo, com price ratio de 7,5%. Do outro lado, o VW Gol e Kiwd têm o preço relativo do seguro menos interessante para o perfil masculino, 10,5%, em média. Enquanto para as mulheres, a opção menos favorável é o VW Gol, que tem o preço médio do seguro equivalente a 12,6%.

Variação entre as Cidades

Na análise entre as cidades, Brasília volta a apresentar o seguro mais barato considerando os 10 modelos mais vendidos do mês (R$3.447 para o perfil masculino e R$3.674 para o feminino), seguido por Belo Horizonte (R$3.447 e R$3.674 respectivamente). Na outra ponta, o Rio de Janeiro se mantém com o seguro mais caro entre as cidades analisadas, município em que os homens passaram a desembolsar em média R$ 2.584 a mais que as condutoras cariocas.