O coletivo Vozes em Luto Nordeste irá promover no dia 10 de junho, em Recife (PE), um movimento de apoio à causa animal denominado Os impactos do Abandono, que tem como objetivo conscientizar e alertar a sociedade sobre o abandono de cães e gatos. Esses animais vivem nas ruas sofrendo atropelamento, espancamento, solidão, fome, sede, tristeza, doenças, entre outros, tendo como consequência muitas vezes a morte.

“Não há justificativa para abandonar um animal e o deixar a mercê da própria sorte. Esse ato viola um direito fundamental que é a vida”, explica Fernanda Alcântara, uma das organizadora do evento.

Dados da Organização Mundial da Saúde – OMS, em 2015, mostram que cerca de 30 milhões de animais foram abandonados no Brasil. “Destes, 20 milhões são cachorros, enquanto 10 milhões são gatos, ou seja, os números são alarmantes”, alerta Raphael Silva, do Vozes em Luto Nordeste.

Segundo a ativista Goretti Queioz, que apoia o movimento, é necessário a conscientização da sociedade para evitar esta prática desumana e também coibir tal conduta, que é tipificada como crime conforme o Art. 32 da Lei 9.065/98 (Lei de Crimes Ambientais), com pena de detenção de três meses a um ano e multa.

O evento será às 14h30 no Marco Zero e contará com a participação de várias entidades ligadas à defesa animal, que estarão no local com cartazes, faixas, depoimentos e performance teatral.

O Vozes em Luto é um movimento antiespecista, criado pelo ativista Paulo Santana, que atua em várias frentes de ação, produzindo e participando de eventos de conscientização nas ruas, intervenções urbanas, intervenções diretas, performances animalistas, manifestações de repúdio contra a exploração animal e suporte a coletivos/grupos nacionais e internacionais.

Fonte: Agência de Notícias Direito dos Animais (ANDA)