Manga revela que Estado busca nome para substituir diretora do Conjunto Hospitalar

Manga (à esquerda) secretário de Saúde do Estado, David Uip (ao centro) e deputados e vereadores em reunião / Foto: Facebook/reprodução

O vereador e presidente da Câmara de Sorocaba, Rodrigo Manga (DEM), revelou, nesta terça-feira (12), em entrevista ao Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema 91,1 FM que, durante uma reunião com o secretário de Saúde do Estado, David Uip, foi lhe informado que buscam-se nomes para trocar a direção do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, atualmente gerido por Sílvia Moreira.

Ouça [a partir de 1:20]

A informação vem à tona após Sílvia ter comparecido, na última quinta-feira (7), na Câmara de Vereadores. Neste dia, ela ouviu dos vereadores diversas críticas e reclamações de atendimento e falta de estrutura no CHS. Após prestar esclarecimentos, Sílvia deixou a sessão alegando não haver problema de gestão no hospital e se disse “desapontada” por ter sido hostilizada pelos parlamentares.

Diretora do CHS no momento em que deixa a Câmara / Foto: reprodução/Facebook

Em certo trecho da entrevista desta terça, Manga informou já ter procurado Sílvia, assim como outros vereadores, por diversas vezes, para discutir sobre os problemas da unidade, porém esta não os atendeu. Ele aproveitou para citar a deputada estadual Maria Lúcia Amary, que, durante uma entrevista, também na Ipa FM, já havia reclamado da falta de diálogo com a diretora.

Assista a um trecho da ida de Sílvia Moreira na Câmara

Outro nome para a direção do CHS

Manga disse que ouviu de um assessor de Uip que “ela [Sílvia] não tem esse tato político, é técnica”. O vereador revelou ainda que a mesma pessoa informou esta não ser a primeira reclamação [vinda do CHS com a gestão desta diretora]. “Ele falou até que ‘estamos em procura de outro nome, pois essa reclamação não partiu apenas da Câmara'”, relatou.

“Vereadores se exaltaram”

O parlamentar, a todo momento da entrevista na rádio, reclamou da postura e resposta da diretora perante os questionamentos dos demais vereadores durante a sessão da última quinta. “Convidamos o Estado para [pedir] colaboração para trazer recursos e ela nos disse que não tem problema de recursos. Ela reagiu de um jeito que não é a realidade do hospital”, indignou-se. “Sorocaba está na ‘UTI’ e o Estado é responsável por isso. […] Quando ela teve essa reação de que ‘ai, está tudo lindo, maravilhoso e a gente sabe que não é verdade, os vereadores se exaltaram'”, esbravejou.

Manga disse ter feito reunião com diversos deputados estaduais, federais e lideranças para buscar uma solução para os problemas recorrentes no Conjunto Hospitalar, entretanto, em todos os encontros para discutir sobre o assunto em Sorocaba, não houve participação do governo do Estado. Por isso, na sexta-feira (8), a Comissão de Saúde, presidida por Renan Santos (PCdoB), foi até o encontro de Uip.

O Portal Ipa Online pediu uma nota oficial para a secretaria de Saúde do Estado sobre o assunto e aguarda resposta da mesma.

1 Comentário

  1. – Manga disse que ouviu de um assessor de Uip que “ela [Sílvia] não tem esse tato político, é técnica”.

    – Manga disse ter feito reunião com diversos deputados estaduais, federais e lideranças para buscar uma solução para os problemas recorrentes no Conjunto Hospitalar, entretanto, em todos os encontros para discutir sobre o assunto em Sorocaba, não houve participação do governo do Estado

    “Boi de piranha”.

    Vereadores facilidade no atendimento das demandas de seus mandatos por parte do conjunto hospitalar recorrem a Deputados, e sem resposta recorrem ao secretário estadual da saúde, que por sua vez, não assume parcela de culpa de sua pasta nos problemas do CHS e oferece como resposta a “cabeça” da Diretora Silvia Moreira, sobre qual pesa como crime, segundo informações, o fato de ser TÉCNICA e não política. Não de agora, diversos problemas em inúmeros setores depõem contra o conjunto hospitalar de Sorocaba. Porém, apenas trocar a diretora não vai curar esse “cancro”, pode não resolver num passo de mágica os reais problemas do CHS e assim dar melhores condições aos usuários, mas, massageia o ego exacerbado de muitos legisladores que sentiram-se afrontados pela capacidade técnica e pouco tato (facilitação) política da Drª Silvia Moreira, e isso, segundo nossos representantes é o que realmente importa e como não é viável se indispor com deputados e secretário estadual, a Silvia serve.

Comments are closed.