FOLHAPRESS

Com um gol aos 45 minutos do segundo tempo, o Santos evitou a sua segunda derrota no Campeonato Paulista ao empatar em 1 a 1 com o Ituano, no Pacaembu, neste domingo (28).

A igualdade veio por meio de uma cabeçada do jovem Rodrygo, de apenas 17 anos, que entrou na segunda etapa. Foi o segundo gol do atacante em duas partidas. Na quinta-feira (25), ele havia feito o gol do triunfo por 2 a 1 sobre a ponte Preta.

Com o resultado, o Santos vai a sete pontos e terminará a rodada na liderança do Grupo D. Segundo colocado, o Botafogo poderá chegar no máximo a seis se vencer a Ferroviária nesta segunda-feira (29).

O Ituano foi a seis pontos e segue em terceiro do Grupo A, com a mesma pontuação do Bragantino.
No primeiro tempo, o Ituano foi superior e pouco foi ameaçado pelo Santos, que tinha dificuldades de criação. O time do interior ainda contou com a sorte para abrir o marcador. O chute de Baralhas de fora da área desviou em Robson Bambu e não deu chances para Vanderlei.

No início segunda etapa, Jair Ventura colocou Jean Monta no lugar de Matheus Jesus e Eduardo Sasha na vaga de Rodrigão.
O Santos melhorou e começou a criar várias oportunidades de gol. Foram três boas chances até os 22 minutos. Em todas elas, o goleiro Vágner fez boas intervenções.
Aos 23, Rodrygo entrou no lugar de Caju e mais uma vez viu sua estrela brilhar quando a derrota já parecia certa.

O Ituano optou por jogar no contra-ataque e teve chances para fazer 2 a 0 e definir a partida. A melhor delas aos 38, quando o atacante Ronaldo driblou Vanderlei, mas chutou para fora.
Nos últimos dez minutos, Victor Ferraz teve de atuar com o ombro imobilizado pois o Santos já havia feito as três alterações.

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Luís Felipe, Robson Bambu, Caju (Rodrygo); Renato, Matheus Jesus (Jean Mota), Vecchio; Copete, Rodrigão (Eduardo Sasha), Arthur Gomes. T.: Jair Ventura

ITUANO
Vagner; Igor Vinícius, Ricardo Silva, Léo, Raul; Baralhas (Marcos Serrato), Tony, Guilherme; Marcelinho (Giba), Claudinho (Juninho), Ronaldo. T.: Vinícius Bergantin

Estádio: Pacaembu, em São Paulo
Juiz: Vinícius Furlan
Cartões amarelos: Matheus Jesus, Copete (Santos); Tony, Claudinho, Juninho (Ituano)
Gols: Baralhas, aos 17min do primeiro tempo (Ituano); Rodrygo, aos 45min do segundo tempo (Santos)