O DEDA QUESTÃO

A secretária da Saúde da Prefeitura de Sorocaba, Marina Elaine Pereira, mudou a prática dos seus antecessores e tem visitado sistematicamente as unidades públicas de saúde.

Ela foi recebida em um café da manhã pelo padre Flávio Jorge Miguel Júnior, gestor da Santa Casa de Sorocaba e o tema, obviamente, foi o de sempre: a relação entre as partes, onde a prefeitura dá o dinheiro e a Santa Casa presta o serviço de saúde ao sorocabano.

A gestão do padre Flávio à frente da Santa Casa, que começou na gestão do prefeito Crespo, só recebe elogios. É uma unanimidade o trabalho que ele vem fazendo, ao menos, publicamente. Um ato da secretária totalmente elogiado.

Por outro lado, sua visita a Unidade Pré-Hospitalar e Policlínica não estão sendo interpretadas na mesma maneira.

Há quem veja invasão da privacidade do profissional (médico) e seu paciente, como a vereadora Iara Bernardi (PT) que entende que esse ato da secretária constrange ao médico e ao paciente. Salatiel Hergezel, na página do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, afirmou que a secretária ficou espiando pela fechadura a consulta que um médico dava ao seu paciente. Um outro chegou a dizer a secretária foi truculenta.

Mas publico relato de uma pessoa a respeito da visita de Marina Elaine na UPH da Zona Norte:

“Oi Deda, apurei aqui. Um pouco se deveu à inexperiência da secretária. Ela estava abrindo as portas após dar uma ou duas batidas. Como o médico estava atendendo, ela falou: sou a secretária. O médico não entendeu que fosse a secretária da saúde, mas a secretária que atende quem chega na unidade e a deixou entrar. A secretária perguntou ao paciente: o sr. está sendo bem atendido e etc e tal. Como ela não conhece o funcionamento dos serviços, ficou questionando alguns colegas sobre os atendimentos. Acho normal que a secretária faça isso. Só acho que ela deveria ter alguém para explicar para ela como funciona, etc, a rotina de uma unidade de saúde. Então, apesar da atitude da secretária ter assustado, conforme relato do primeiro médico, o segundo médico, que estava na sala, não pareceu ter se sentido constrangido, apesar de ter achado estranho. Acho que o desconhecimento da pasta e a necessidade de se impor acrescida da inexperiência acabou criando um mal-estar entre a secretária e os médicos. Mas não parece ter sido algo deliberado (como perseguição). Mas causou esse efeito inadvertido”.

5 Comentários

  1. Eu adoraria que ela entrasse em meu consultório na hora em que eu estivesse fazendo um toque retal no paciente ou quem sabe um especular em uma mulher. Quem sabe ela perceberia que essa atitude é no minimo anti ética e entrar em um consultório durante uma consulta para perguntar se esta sendo bem atendido é no minimo, falta de educação. Alem de invasão de privacidade. Quer perguntar, fique a vontade, mas ESPERE fora do consultório e pergunte ao paciente lá fora, e ele que responda o que quiser. Para mim cabe processo do CRM sobre ela. E ficar espiando no buraco da fechadura já é doença mental.

  2. Ela tem todo direito e deve fazer isso sempre ela é a chefe desse povo,e não precisa avisar se vai fazer vistoria aos seus subordinados,esse servidores dos Centros de Saúde e Hospitais como sabemos sempre foram negligentes com o povo,haja vista as pancadarias que acontecem em alguns centro de saúde e hospitais.A secretária que seja diferente na sua gestão e não fique só administrando sentada numa sala com ar condicionado,dependendo de relatórios suspeitos que nem sempre condiz com a verdade.Qto a Iara Bernardi que vá cuidar dos moradores de rua e dos seus direitos,que vá trabalhar.

  3. A secretária EXAGEROU SIM, presenciei a sua entrada ” ABRE ALAS” ou melhor ” CHEGUEI ! SAIAM DA FRENTE” . O seu olhar denotava arrogância,prepotência, e uma visível postura intimidadora . Os seus passos eram firmes, diretos, e contínuos, como se estivesse convicta de que iria surpreender a maioria dos servidores na maior OCIOSIDADE ,no meio de um CAÓTICO ambiente . Mas nós que frequentamos as filas de atendimento do SUS em Sorocaba, confirmamos a DEDICAÇÃO, E O MELHOR EMPENHO QUE OS ATENDENTES ( TODOS OS SERVIDORES INCLÚSOS ) NOS DISPENSA . A secretária terá muito que aprender, pois a sua postura era típica de quem julga os servidores da saúde, uns irresponsáveis, ociosos, e ela iria ou irá MUDAR O MUNDO . ELA ESTARIA NIVELANDO TODOS OS SERVIDORES DA SAÚDE POR BAIXO NO QUESÍTO COMPROMETIMENTO, PRODUTIVIDADE , RESPONSABILIDADE . MAS NÃO É BEM ASSIM .

  4. Acho legal ela ir visitar os centros de saúde. Mas ñ abrir a porta com o médico atendendo, dar batidinhas na porta e ir entrando? Ela está na casa dela? Se ela queria questionar o paciente acerca do atendimento, esperasse o paciente sair, ou ela de fato achou que o paciente falaria mal do atendimento médico na frente do Médico? Muito inexperiente, está seguindo os mesmos passos do prefeito, qdo ele foi visitar um posto de saúde e saiu abrindo todas as portas. Típico desse governo

  5. Com a vereadora Iara , se vc pinta de azul , ela quer vermelho, se vc sobe ela quer descer , típico vereador da oposição por oposição , simplesmente se fosse o partido dela estaria certo a ação da secretaria.

    Por mais inexperiência que alguém tenha , dizer que ficou espiando pela fechadura da porta , parece um tanto exagerado , nem o Crespo faria uma sandice desta.
    Alguém economizou na verdade

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here