Foto: Divulgação Secom

A Prefeitura de Sorocaba acenou com a possibilidade de prorrogar por mais seis meses o convênio que mantém com o BOS (Banco de Olhos de Sorocaba) pela gestão da UPH (Unidade de Pré-Hospitalar) da Zona Leste. A afirmação foi feita ao vereador Fernando Dini (MDB), em resposta a um requerimento que fez sobre o assunto.

“Como é notório, foi renovado (o convênio) excepcionalmente até janeiro de 2019, com fulcro no inciso 40 do artigo 57 da Lei 8.666/93 (Lei Geral de Licitações). Cumpre salientar que esta renovação, de acordo com o diploma legal citado, é possível por até 12 meses, de modo que ainda é possível, ao final do atual termo, prorrogar-se o mesmo por mais 6 meses”, descreve a administração municipal no documento.

Ainda ao parlamentar, o Poder Executivo afirma que “existe em curso pela SES (Secretaria da Saúde), o Processo Administrativo 5.177/2018, que trata da elaboração de termo de referência para possível chamamento público para gestão compartilhada da UPH Zona Leste”.

A secretaria também deixa claro que “qualquer decisão a médio e longo prazo depende do julgamento do mérito dos mandados de segurança em curso pela justiça estadual, os quais suspenderam, até decisão de mérito, os trabalhos visando a contratualização de organizações sociais para fins de gestão compartilhada das unidades de urgência e emergência do município, decisão esta que afeta diretamente o planejamento em relação à Unidade Zona Leste.”

Finalizando a resposta ao requerimento, a Prefeitura garante que a população “não ficará desassistida” e que “qualquer que seja o cenário futuro, haverá um serviço de referência para atendimento da população hoje assistida pela UPH Zona Leste”.