Prefeitura de Piedade confirma terceira morte por febre amarela

Saúde reforça importância da vacinação, que é oferecida nos postos de saúde / Foto: Rafael Neddemeyer/Fotos Públicas

A Secretaria Municipal de Saúde de Piedade confirmou, nesta quinta-feira (15), a terceira morte humana por febre amarela silvestre no município. O óbito foi confirmado pelo Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Sorocaba por meio do Instituto Adolfo Lutz (IAL).

A mulher, de 39 anos de idade, trabalhava como carvoeira e morava no bairro Rio do Peixe. Conforme relato dos profissionais da área da saúde, a moradora recebeu dose fracionada da vacina no dia 15 de fevereiro no Ambulatório Médico e veio a ter os primeiros sintomas de febre amarela no dia 20 de fevereiro. Ela deu entrada na Santa Casa de Misericórdia de Piedade e foi encaminhada ao Hospital das Clínicas, no dia 24 de fevereiro, em São Paulo.

O óbito ocorreu no dia 26 de fevereiro e a confirmação da causa da morte foi realizada após período de exames.

Segundo informações da Secretaria da Saúde, a vacina demora 10 dias para fazer efeito e quando a munícipe foi vacinada ela não relatou nenhum sintoma de doença como febre, vômitos e dores no corpo.

A Vigilância Sanitária do município realizou campanha de vacinação casa a casa no bairro Rio do Peixe no dia 1 de fevereiro, antes da manifestação da doença pela paciente.

Após o recebimento da confirmação da morte da munícipe, equipes da Vigilância estiveram no bairro para fazer a vistoria do local e bloqueio sanitário em área de 150 metros em torno da residência da vítima.

98% DA POPULAÇÃO VACINADA

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Piedade, aproximadamente 98% da população de Piedade já está vacinada contra febre amarela diante de um intenso trabalho de mutirões promovidos no município.