Os ônibus de Sorocaba paralisaram as atividades às 8 horas desta sexta-feira (25) e devem voltar a circular novamente a partir das 17 horas, no horário de pico. Antes com determinação do prefeito José Crespo (DEM) para que toda a frota fizesse o itinerário normalmente, não foi possível cumpri-la por conta do racionamento de diesel, combustível que abastece os veículos.

A Urbes e as empresas Consor e STU se reuniram na quinta-feira (24) para definir como o Sistema de Transporte Coletivo iria operar em razão da falta de combustível nas garagens, ocasionada pela mobilização nacional dos caminhoneiros contra o aumento do diesel. O grupo entrou num consenso de que os ônibus operem nesta sexta somente das 5h às 8h e das 17h às 19h, nos chamados horários de pico para que a população não seja totalmente prejudicada.

Terminal nesta manhã de sexta-feira / Foto: Julio Salvo

De acordo com a Urbes, em razão dessa medida, os terminais Santo Antônio (TSA) e São Paulo (TSP) vão ser fechados nos horários que os ônibus não circularem, assim como a bilheteria. Ou seja, das 8h às 17h e após às 19h.

A situação da operação do Transporte Coletivo para o fim de semana (26 e 27) não está definida, já que a mobilização nacional continua e as garagens da Consor e da STU não foram reabastecidas com combustível até o momento. Nesta sexta-feira, um novo comunicado será emitido.

Os usuários do transporte público deverão ficar atentos aos canais oficiais de comunicação do município e quaisquer dúvidas devem entrar em contato pelo telefone 118.

O Sistema de Transporte Coletivo possui 107 linhas de ônibus em operação que percorrem a cidade de norte a sul e de leste a oeste. Circulam diariamente nos terminais cerca de 120 mil passageiros, sendo 80 mil no Terminal Santo Antônio e 40 mil no Terminal São Paulo.

Transporte Especial

Nesta sexta-feira, o Serviço de Transporte Especial vai operar parcialmente, em razão da suspensão das atividades de algumas instituições frequentadas pelos usuários, porém todos os agendamentos feitos serão atendidos.