A estimativa da Associação Comercial de Sorocaba para a Páscoa de 2018 é crescimento de aproximadamente 5% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme pesquisa realizada, o alto índice é justificado principalmente pela inovação de produtos e a queda nas vendas nos dois últimos anos, durante o período de crise econômica.

A pesquisa realizada durante os meses de fevereiro e março pelo economista da Associação Comercial / Esamc Jr., Rafael Muscari, abordou 146 pessoas e analisou o mercado pelo ponto de vista do consumidor e também pelas perspectivas dos empresários, que comercializam os produtos referentes à Páscoa: chocolates, peixes e bebidas alcoólicas.

O queridinho da Páscoa, o chocolate nas mais diversas formas e sabores, é a preferência de 66% dos entrevistados. Em relação aos ovos, 42% disseram não ter comprado em 2017, porém, 19% desse universo afirmam que em 2018 irão comprar.

Do total que irá comprar neste ano, 76% dizem que pretendem presentear nesta data festiva, enquanto 24% irão comprar apenas para consumo próprio.

A Páscoa é sinônimo de festa. Com isso, é bastante usual que seja feita uma celebração com outros produtos. No caso desta data em especifico, é comum a compra de peixes e bebidas alcoólicas para as festividades.

O estudo apontou que 16% pretendem comprar peixes e derivados e 18% irão investir em bebidas alcoólicas.

Ovos caseiros

Os ovos caseiros invadiram o mercado brasileiro e hoje são muito bem falados entre os consumidores. Um total de 52% dos pesquisados pretendem comprar industriais, enquanto 48% preferem os caseiros.

Outro estudo realizado com 18 produtores de ovos caseiros aponta que a expectativa é positiva, ou seja, que a venda se iguale com as de 2017. Eles acreditam em crescimento de até 10%. Para 80% dos pesquisados, produzir ovos de chocolate em casa é uma renda extra que envolve toda a família, incrementando a renda.

Supermercados

Quanto aos supermercados, a expectativa de vendas também é positiva. A estimativa é que o aumento seja em torno de 5% nos chocolates, já para os peixes e afins estima-se 3%.

“A queda da inflação, somada a juros mais baixos e à retomada do índice de confiança do consumidor, além das pessoas estarem mais confiantes em sua empregabilidade, indicam a possibilidade no crescimento nas vendas do varejo como um todo, principalmente com a chegada da Páscoa, por ser uma comemoração familiar onde envolvem sentimentos cristãos. É uma grande oportunidade também para quem ainda não conseguiu uma colocação no mercado de trabalho, pois surgem vagas para operadores de caixa, estoquistas, repositores e vendedores neste período o que pode gerar uma renda extra. Que tenhamos todos uma Feliz Páscoa”, deseja José Alberto Cépil, presidente da Associação Comercial.

Sobre a Associação

A Associação Comercial de Sorocaba, entidade de classe sem fins lucrativos, foi fundada em 20 de janeiro de 1922 e tem o objetivo de defender os interesses do comércio regional e o desenvolvimento nacional, além de representar seus associados. O quadro associativo da entidade reúne empresários representantes de todos os setores da economia, tais como: industriais, comerciantes, agropecuaristas, prestadores de serviços e profissionais liberais, de todos os portes.