Foto: Arquivo Ipa Online

Por Djalma Luiz Benette

A ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), homologou pedido do advogado Ricardo Vita Porto, que defende o prefeito Crespo do processo de cassação do qual foi alvo da Câmara de Vereadores de Sorocaba, desistindo da ação com a qual havia ingressado nessa instância enquanto aguardava decisão do TJ (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo).

Com a suspensão dos efeitos do decreto da Câmara de Vereadores, que tirou de Crespo o mandato de prefeito, a defesa de Crespo entende que a ação no STF fica sem efeito.

A decisão da defesa de Crespo de ingressar no STF se deu por conta do imbróglio que o processo enfrentou no TJ-SP, sobre o consenso sobre qual será a câmara responsável iria julgar o caso, com a definição da 5ª Câmara do TJ e com a liminar que devolveu o cargo a Crespo, a ação no STF perdeu o sentido.