Sete séries oficialmente canceladas e uma renascida das cinzas

Fotos: Divulgação

Por Erick Rodrigues

O período em que as emissoras norte-americanas divulgam quais séries vão continuar ou não nas grades de programação tem deixado alguns fãs decepcionados por conta das produções que não vão ganhar novas temporadas ainda este ano ou em 2019. Entre as notícias de cancelamentos, algumas chegaram a pegar o público de surpresa, com espectadores que foram às redes sociais para protestar contra os fins das atrações.

Por enquanto, no caso de um dos protestos, a choradeira dos fãs teve efeito. Uma das séries que, há alguns dias, tinha sido cancelada por uma emissora foi rapidamente resgatada diante dos apelos favoráveis e vai ganhar uma nova temporada em outro canal. Vamos aos principais cancelamentos e ao renascimento aguardado:

SETE SÉRIES CANCELADAS

Foto: Divulgação

– Lucifer

Depois de três temporadas e uma legião de fãs considerável, “Lucifer” não escapou e teve o fim anunciado pela Fox. Com isso, a história do Senhor do Inferno, que decide ir a Los Angeles e passa a colaborar com a polícia local, não terá uma conclusão, o que, segundo o criador da série, Joe Henderson, deve deixar os fãs irritados. Bom, isso eles já estão! O cancelamento de “Lucifer” foi o mais lamentado nas redes sociais, com os espectadores, inclusive, pedindo que a série seja resgatada por outro canal, o que, por enquanto, ainda não aconteceu. Talvez, nem o Diabo tenha força contra a decisão do canal. Aqui no Brasil, a agora última temporada só estreia na quarta-feira (16), no Universal Channel.

Foto: Divulgação

– Designated Survivor

A última aposta do ator Kiefer Sutherland na televisão não durou tanto quanto o sucesso de “24 Horas”. Depois de uma primeira temporada pouco empolgante e desregular, “Designated Survivor” não vai passar do atual segundo ano, que está terminando nos Estados Unidos. A trama do secretário de Habitação dos Estados Unidos, alçado ao posto de presidente depois de uma explosão que mata os integrantes do governo, nunca emplacou como um grande sucesso e, por isso, as lamentações na internet foram menos fervorosas. Exibida pela rede norte-americana ABC, “Designated Survivor” chega ao público brasileiro pelo serviço de streaming Netflix.

Foto: Divulgação

– Inumanos

Esse cancelamento não era necessariamente uma surpresa, mas a notícia oficial só veio nos últimos dias. “Inumanos”, série de personagens da Marvel, está oficialmente encerrada após a única temporada exibida. O fim, inclusive, já tinha sido antecipado pelo canal ABC, que não ficou contente com a audiência mediana e a enxurrada de críticas sobre a trama. Explorando uma premissa iniciada em “Agents of S.H.I.E.L.D.”, a produção sobre uma civilização de seres com poderes e avançada tecnologia fora da Terra teve uma abordagem boba e que não empolgou nem mesmo no primeiro episódio. O canal Sony exibiu a série aqui no Brasil.

Foto: Divulgação

– Quantico

Fraca e cheias de clichês, “Quantico” durou surpreendentes três temporadas antes de ter o cancelamento anunciado pela rede ABC. A série, que transformou a escolas de treinamento para agentes do FBI em um dia de aula dos piores tempos de “Malhação”, nunca foi sucesso e, por sinal, teve um primeiro episódio digno de pena. A trama começava com novos recrutas chegando à agência e criava suspense sobre um ataque terrorista em Nova York, que estaria ligado aos personagens. O andamento óbvio e bobo da série fez com que o público fosse perdendo o interesse pela narrativa, o que culminou em uma repercussão praticamente nula sobre a história. O canal AXN exibiu “Quantico” para os brasileiros.

Foto: Divulgação

– O Exorcista

A Fox fez outra vítima dos cancelamentos e anunciou o fim da série de terror “O Exorcista”, que propunha uma renovação do clássico dos cinemas. A produção durou duas temporadas, mas nunca foi um sucesso de audiência, o que também se refletiu na repercussão da série, praticamente inexistente. A história acompanhava a trajetória de dois padres, que ajudavam famílias vítimas de espíritos possessivos, e contou com a presença ilustre da atriz Geena Davis, o que não foi suficiente para ajudar a alavancar a produção. O FX Brasil exibiu “O Exorcista” por aqui.

Foto: Divulgação

– The Brave

Surgida em meio à onde de séries militares, que começaram a brotar no ano passado, “The Brave” não resistiu aos ferimentos da guerra pela audiência e é mais uma baixa. A série começou bastante promissora, cheia de ação e reviravoltas, mas foi perdendo força ao longo das semanas e, ao fim dos 13 episódios da primeira temporada, preservou um público bem menor. Na trama, uma equipe militar é mandada para os principais conflitos em zonas de guerra e enfrenta diversas ameaças terroristas. “The Brave” sequer teve tempo de chegar ao público brasileiro antes de ter o fim anunciado.

Foto: Divulgação

– Transparent

Diferente das anteriores, a série, que já chegou a vencer o Globo de Ouro de melhor comédia, vai ter uma despedida. “Transparent” vai ganhar uma quinta temporada, mas, o que parece uma renovação, na verdade, é um cancelamento, já que os produtores anunciaram que a produção não terá continuidade depois disso. O futuro da atração já era considerado incerto e conturbado, já que o protagonista, Jeffrey Tambor, foi demitido após acusações de assédio e abuso sexual. Além de ser o último, o quinto ano da série da Amazon também será o primeiro sem o personagem central, um homem que revela aos filhos que quer viver como uma mulher.

UMA SÉRIE RENASCIDA DAS CINZAS

Foto: Divulgação

– Brooklyn Nine-Nine

Os fãs reagiram raivosos à notícia de que a comédia “Brooklyn Nine-Nine” tinha sido cancelada pelo canal Fox. Rapidamente, o público que acompanha a série foi às redes sociais e deixou a produção entre os assuntos mais comentados. A choradeira, ao que parece, surtiu efeito: a atração vai ganhar uma sexta temporada, só que em um canal diferente. A trama sobre a rotina de policiais de Nova York foi comprada pela NBC, conforme anúncio da própria emissora. “Brooklyn Nine-Nine” ganhou o Globo de Ouro na primeira temporada, mas foi perdendo destaque nos anos seguintes até o barulho dos fãs sobre o cancelamento. Por aqui, a série foi exibida pelo canal TBS e está disponível no catálogo do Netflix.