‘O projeto mais difícil e emocionante’, diz diretor do filme Turma da Mônica com atores reais

Foto: reprodução

FOLHAPRESS

Terminaram nesta quarta-feira (1º) as filmagens de “Turma da Mônica – Laços”, longa em que os famosos personagens de Maurício de Sousa são interpretados por atores reais. A estreia do filme está programada para junho de 2019.

“Trazer para as telonas ‘Turma da Mônica – Laços’ talvez tenha sido o projeto mais difícil e emocionante de uma vida inteira. Estamos fazendo um filme lindo com muito amor, carinho, respeito, dedicação e emoção”, afirmou o diretor, Daniel Rezende, de “Bingo, o Rei das Manhãs”.

As filmagens duraram sete semanas e aconteceram nas cidades de Poços de Caldas (MG), Holambra (SP), Paulínia (SP), Mairiporã (SP), e também no Parque Estadual da Serra do Mar (SP).

O elenco tem Giulia Benite (Mônica), Kevin Vechiatto (Cebolinha), Laura Rauseo (Magali), Gabriel Moreira (Cascão), Monica Iozzi (Dona Luísa), Paulo Vilhena (seu Cebola) e Ravel Cabral (Homem do Saco).

Mauricio de Sousa, o “pai” das crianças, acompanhou parte dos trabalhos. “Acompanhei as filmagens em alguns momentos e senti o clima gostoso que cercava todo aquele trabalho de equipe, desde a direção, técnicos, artistas (mirins em especial), disse o cartunista.

Sousa, aliás, está a todo vapor. Ele também está prestes a lançar “MMMMM – Mônica e Menino Maluquinho na Montanha Mágica”, que ele criou com o também cartunista Ziraldo. Essa é a primeira vez que os personagens se encontram. O lançamento será na Bienal de Livros de São Paulo.

Na próxima semana, o cartunista também abrirá para visitação dos fãs o seu estúdio, na região da Lapa, zona oeste de São Paulo. Segundo Sousa, um pedido antigo dos fãs, de idades variadas, que enviam cartas, emails e telefonam para saber detalhes da produção.

1 Comentário

  1. …os personagens poderiam ao menos ter o cabelo parecido com os da história em quadrinhos, e isso não seria nem um pouco díficil de acertar, enfim aguardando para ver, mas os personagens não são nem de longe parecidos, é o que passa essa primeira visão. A monica não é “gordinha e dentuça”? O cascão não é “sujo”? enfim talvez seja medo dos “mi mi mi mi´s” que iriam aparecer aos montes na crítica, alegando bulying com os mais fofinhos, incentivo as crianças a não tomaram banho, enfim, mais do mesmo, dessas doenças da modernidade.

Comments are closed.