O lúdico (o brincar) é parte do mundo infantil, onde a realidade e o faz de conta intercalam-se e colaboram para o aprendizado de forma tranquila e efetiva.

A afirmação acima é da psicóloga clínica e terapeuta sexual Osmeire Tobias Mendes, que fará palestra sobre o assunto no dia 6 de fevereiro. Segundo ela, a criança vivencia na brincadeira a realidade/fantasia e deposita emoção nessas brincadeiras, assim é um elo integrador entre os aspectos motores, cognitivos, afetivos e sociais, desenvolvendo a facilidade à aprendizagem, o desenvolvimento social, cultural e pessoal e contribui para uma vida saudável, física e mental.

De acordo com ela, o fundamental é que, ao brincar, a criança também adquire a capacidade de simbolização. “O jogo simbólico faz com que a criança crie imagens mentais sem a presença do objeto ou ação e, à medida que evolui, se ajusta à realidade e aprende a superar de modo cada vez mais eficaz as situações confrontadas”, comenta.

Osmeire lembra que a formação da criança é influenciada através das trocas sociais, da interação com o meio e práticas educacionais. “Uma função dessas inúmeras fantasias elaboradas pelas crianças é a de equilibrá-la emocionalmente, oportunizando dessa forma uma melhor elaboração e diminuição de suas angústias e ansiedades, agindo também, como método de autodefesa e autoafirmação”, diz.

A palestra “A importância de brincar” será no dia 6 de fevereiro, às 19h30, na avenida Comendador Pereira Inácio, 1125. Informações e inscrições: (15) 99774-1506.