Miss desiste de coroa após ser orientada a esconder tatuagens

Foto: reprodução/Facebook

FOLHAPRESS

A professora de dança Sierra Leyde, 18, desistiu do título de Miss Phelan, pequena cidade no estado americana da Califórnia, depois de ser orientada pelos organizadores a esconder suas tatuagens.

Leyde venceu o concurso em novembro de 2017. Pouco depois, ao completar 18 anos, decidiu fazer tatuagens no braço direito e nas costas.

Depois das tatuagens, recebeu um contrato da Câmara de Comércio de Phelan com cláusulas que exigiam a retirada de piercings e a cobertura de tatuagens para os eventos oficiais como Miss Phelan.

Em foto na sua conta no Facebook Sierra mostra tatuagem nas costas / Foto: reprodução/Facebook

“Eu não acho que deveria cobrir minhas tatuagens porque elas são normais hoje em dia”, disse ela à rede CBS de Los Angeles.

A Câmara de Comércio da cidade disse “não ter nenhum problema com as tatuagens desde que elas sejam cobertas durante os eventos oficiais”.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.